Pesquisar este blog

terça-feira, 19 de junho de 2018

Nick Savoia & Hamilton Di Giorgio - Coletânea especial

Nick Savoia e Hamilton Di Giorgio integram o time de precursores do rock 
Depois do álbum da Celly Campello, postado ontem, agora é a vez de apresentar esta coletânea especial com outros dois pioneiros do rock no Brasil: Hamilton Di Giorgio e Nick Savoia. A seleção, montada pelo amigo Aderaldo, a quem agradeço, traz 30 faixas, divididas em partes iguais entre os dois intérpretes que estiveram em atividade ao longo dos anos 1960. Uma das curiosidades é a desconhecida versão de “O ritmo da chuva”, diferente da do Demétrius, ainda inédita em disco, feita pelo Hamilton Di Giorgio, que toca violão e canta em dueto com Sérgio Reis numa brincadeira feita nos estúdios da gravadora Odeon.

Di Giorgio nasceu em 20 de setembro 1942 e viveu a sua adolescência em Tremembé, São Paulo, onde cantava para os seus amigos músicas que ouvia no Hit Parade da Rádio Excelsior. Começou a carreira por meio do jornalista e radialista Miguel Vaccaro Neto, um dos fundadores da Young, primeira gravadora no Brasil exclusivamente voltada para o público jovem,  que esteve em operação entre 1959 e 1962. Na Young, fez sua primeira gravação, “My heart is an open book”, e também fez sucesso com “Teenage sonata”. Na sequência, partiu para a Chantecler, onde fez sucesso com “Anjo Triste”, uma versão sua de “Blue Angel”, de Roy Orbison. Sua carreira ainda se estendeu para a Fermata, com “Meu Mundo”, e RCA Victor, onde lançou seu último disco, o single (na foto acima) com “O Bolha” e “O Mar”. Como compositor, Hamilton tem mais de 100 obras entre composições e adaptações, como “Lobo Mau”,  “Chapeuzinho Vermelho”, “Estrela que Cai”, “Na Noite Que Se Vai”, entre outras.

Nick Savoia é outro intérprete que começou pelas mãos de Vaccaro Neto e sua Young, selo que revelou nomes como Demétrius, Marcos Roberto, Dori Edson, Prini Lorez e outros. Arthur Monteiro Saboia, seu nome de batismo, nasceu em 28 de fevereiro de 1937 em São Paulo, onde faleceu em 9 de maio de 2012. Uma de suas distinções era cantar e falar inglês fluentemente por ter morado nos Estados Unidos entre 1953 e 1959. Por isso, regravou canções de originais quase sempre inéditos no Brasil, como "Hiccups", "Bad Boy" e "Mack The Knife". Na Rádio Record, teve programa especial apresentando 'Entrevista Orniex com Nick Savoia', onde conheceu Tommy Standen, que se casou com a Kit, sua irmã adotiva, e fez sucesso como Terry Winter. Em 1964, Nick voltou a residir nos EUA, trabalhando como comissário de bordo da Varig e da Pan-American Airlines. Nick percorreu o mundo, só retornando ao Brasil em 1969, gravando então um disco para a Fermata. Depois disso, fez apresentações esporádicas e lançou CDs independentes. Confira:

01 - Hamilton Di Giorgio - Anjo triste (Blue Angel)
02 - Nick Savoia - Amor a dois (Wooden Heart)
03 - Hamilton Di Giorgio - I’m gonna get married (com The Delvis)
04 - Nick Savoia - Baby face
05 - Hamilton Di Giorgio - Mil razões para te amar
06 - Nick Savoia - Horas de espera
07 - Hamilton Di Giorgio - My heart is an open book
08 - Nick Savoia - Raindrops (Pingos D’Água)
09 - Hamilton Di Giorgio - Vídeo tape
10 - Nick Savoia - Nem quero lembrar
11 - Hamilton Di Giorgio - We got love
12 - Nick Savoia - The wanderer
13 - Hamilton Di Giorgio - O mar
14 - Nick Savoia - Todo amor que há comigo
15 - Hamilton Di Giorgio - Vão bidu que vão (Come Go With Me)
16 - Nick Savoia - Tom Dooley
17 - Hamilton Di Giorgio - O meu mundo (Il Mio Mundo)
18 - Nick Savoia - A kiss is a kiss
19 - Hamilton Di Giorgio - O bolha
20 - Nick Savoia - Bad boy (com The Rebels)
21 - Hamilton Di Giorgio - There's a wonder in the world
22 - Nick Savoia - Calcutta
23 - Hamilton Di Giorgio - O ritmo da chuva (Rhythm Of The Rain) (Com Sérgio Reis)
24 - Nick Savoia - Moi et ma vie
25 - Hamilton Di Giorgio - Teenage sonata
26 - Nick Savoia - Hiccups (com The Scarletts)
27 - Hamilton Di Giorgio - Stop, you make me blue
28 - Nick Savoia - I go ape (com The Rebels)
29 - Hamilton Di Giorgio - String along
30 - Nick Savoia - Mack the knife


COLABORAÇÃO: Aderaldo


2 comentários: