Pesquisar este blog

sábado, 21 de outubro de 2017

Osny Silva - Capricho (LP 1963)

 Osny Silva obteve muito sucesso na época de ouro do rádio no Brasil
Osny Silva, um dos cantores de grande sucesso da chamada Velha Guarda, comparece no blog no dia que completaria 98 anos, graças a colaboração do amigo Aderaldo, a quem agradeço por enviar este “Capricho”, álbum lançado em 1963 pela Continental. O cantor, nascido em São Paulo no ano de 1919, estudou no colégio Liceu Coração de Jesus, e fez parte do coral Canarinhos Liceanos. Aprendeu piano e violino com professora particular.  Começou no rádio aos 20 anos, em 1939, como operador na Rádio Educadora Paulista.

Nessa época, tentou ser cantor, e submeteu-se a teste de calouros numa outra emissora, ao lado de um novato como ele, Nelson Gonçalves, mas ambos foram reprovados. Na própria Educadora, contudo, viria a substituir um cantor, numa emergência, e por ter agradado foi tendo mais oportunidades, embora sem receber por essa atividade extra.  Em 1940, assinou contrato com a Rádio Tupi de São Paulo, e somente gravou seu primeiro disco em 1943, com “As Cartas Não Mentem Jamais”, valsa de Léo Daniderff, que vendeu 80 mil cópias, um grande êxito popular. Já casado, foi locutor em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ganhou o Prêmio de Melhor Cantor de Música Popular Internacional de 1951, graças ao disco “Bandolins ao Luar” e “Violino Cigano”, produzido pela Odeon, onde gravou outros sucessos, como “Risque”, “João Valentão”, “Adeus Amor”, “Primavera no Rio”, “Catari! Catari!” e “Jura-me”, entre outros.

Recebeu, em 1953, o Prêmio Roquette Pinto, de Melhor Cantor, e tinha por slogan “A Mais Bela Voz do Rádio Paulista”. Apresentou-se no Chile e na Argentina, realizando gravações nesses países. Na Argentina, era anunciado como “La Voz Triunfal das Americas”.  Dados da Wikipedia informam que, em discos de 78 rpm, no Brasil, gravou 41 discos com 78 músicas, além dos LPs “Osny Silva Canta Melodias Famosas”, “Canta América!”, “Pisando Corações”, “Minha Canção de Amor” e outros. Quando sentiu que o tempo já não lhe permitia o mesmo desempenho, retirou-se sem alarde e foi viver no litoral paulista. Faleceu no município de Praia Grande em 20 de julho de 1995, já esquecido do grande público. Confira:

01 - Capricho Cigano
(Mário Zan - Messias Garcia)
02 - Só Pra Você
(Mário Zan - Messias Garcia)
03 - Adios Mariquita Linda
(Marcos A. Jimenez)
04 - Jura-me (Jurame)
(Maria Grever - vs. O. Santiago)
05 - Te Quiero Dijiste (Bonequinha linda)
(Maria Grever)
06 - Beijo Nos Olhos
(Portinho - Wilson Falcão)
07 - Torna Sorriento
(De Curtis - vs: Hélio Ansaldo)
08 - Coimbra
(Raul Ferrão - Dr. Galhardo)
09 - Jamais Te Esquecerei
(Antonio Rago - Juracy Rago)
10 - Beija-me Muito (Besame Mucho)
(Consuelo Velasquez - vs: David Nasser)
11 - Marita Romano
(Jair Gonçalves)
12 - Adeus (Adios)
(E. Madriguera - vs: Osny Silva)

COLABORAÇÃO: Aderaldo


3 comentários:


  1. http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/1535+-+OSNYSLV,1211064636.rar(archive)

    ResponderExcluir
  2. Uma versão em português de Besame Mucho, clássico mundial, deve ser interessante. Enviado pelo Aderaldo com certeza é coisa boa. Já baixando para conferir. Obrigado ao Chico e ao Aderaldo

    ResponderExcluir
  3. Concordo com os comentários do Willians. Só pode ser coisa boa. Gostei tambem do texto. Não sabia nada da trajetória dele. Abrçs Chico e Aderaldo

    ResponderExcluir