Pesquisar este blog

domingo, 13 de agosto de 2017

Rosa Miyake - A rosa japonesa que canta (2017)


Antologia com 28 faixas reúne jingles e canções em português e japonês
A "Antologia – A rosa japonesa que canta", da Rosa Miyake, foi postada em 2011 no Sanduíche Musical, blog embrionário do Sintonia Musikal. O link venceu, e devido a pedidos para repostagem, achei interessante refazer o trabalho com áudio em 320 kbps, e novas ilustrações, agora com a arte gráfica dos compactos, com capa, contracapa e etiquetas. Além disso, adicionei a faixa em japonês da música "Urashima Taro"  (Pobre pescador), originalmente gravada em 1968 como jingle da Varig, criado pelo jornalista, publicitário e radialista Archimedes Messina, falecido no último dia 31 de julho, aos 85 anos. É dele, entre vários jingles de sucesso, o tema “Silvio Santos vem aí”, trilha sonora que acompanha o maior apresentador do país desde o início de sua carreira no rádio.

Rosa Miyake nasceu em Lins, no interior de São Paulo, em 15 de março de 1945. Começou a carreira como cantora de música japonesa, obtendo muito sucesso em São Paulo, tanto por seu talento quanto por sua beleza exótica. Durante a década de 1960, no auge do programa Jovem Guarda, onde chegou a se apresentar, seu repertório procurou atingir o público jovem em geral, saindo do nicho nipo-brasileiro. Sua discografia, que se concentra entre 1966 e 1968, é pequena: cinco compactos simples (sem contar dois promocionais, da Varig e da Yaohan), dois LPs (um brasileiro e outro japonês, com alguma variação no repertório) e faixas avulsas para coletâneas da gravadora Chantecler.

Entretanto, o seu maior sucesso nacional foi o jingle “Urashima Taro”, utilizado na propaganda que a empresa de aviação Varig fez para divulgar os primeiros voos diretos entre o Rio de Janeiro e Tóquio, tornando sua voz conhecida em todo o Brasil. Em 1988, quando foi comemorado os 80 anos da imigração japonesa no País, o comercial foi veiculado novamente. Rosa também foi atriz, protagonista da novela "Yoshiko, um Poema de Amor", que estreou na TV Tupi em janeiro de 1967. Depois da experiência em disco e telenovela, Rosa focou a carreira de apresentadora, por mais de 30 anos, do programa de variedades “Imagens do Japão”,  criado em 1970 por Mario Okuhara na Rede Tupi e exibido posteriormente na Rede Bandeirantes de Televisão. Hoje, afastada da TV, mora nos Estados Unidos. Confira a cantora:

01 - Pobre Pescador (Urashima taro)
02 - Bye bye querido (Koi no, bye bye)
03 - Tomodati no Koibito (Namoradinha de um amigo meu)
04 - Sayonara
05 - Uma noite de verão
06 - Uma dúzia de rosas
07 - Eu te amo mesmo assim
08 - Pra não dizer que não falei das flores
09 - Sabiá
10 - Não pude esquecer
11 - Começo do fim
12 - Boa noite, meu bem
13 - Akazaka (Como está)
14 - Jingle bells (Play Golf Natal)
15 - Koyubi no omoide
16 - Aryushiam kazoe uta
17 - Tada soredake
18 - Hitori botti ga sabishino
19 - Namida no kawaku made
20 - Tenshi no shuhkan (Angel's Love)
21 - Shiritakunai no (I really don't want to know)
22 - Yogiri yo kon-ya mo arigatoh
23 - Yahon traz alegria (jingle Yaohan))
24 - Encantos do Japão (Jingle Varig - em português e japonês)
25 - Urashima taro (Jingle Varig)
26 - Parabéns a você (Jingle Yohan)
27 - Pra nunca mais chorar 
28 - Urashima taro (Pobre pescador)



4 comentários:


  1. http://www91.zippyshare.com/v/BRoedm1o/file.html

    ResponderExcluir
  2. Obrigado por mais essa raridade da Jovem Guarda e pelo excelente trabalho das capas. Valeu.

    ResponderExcluir
  3. Спасибо огромное за этот альбом! Очень светлая музыка создают прекрасное настроение.

    ResponderExcluir
  4. Chico, parabéns. Temos aqui uma raridade. Tomara que muitos vejam essa postagem e dela desfrutem. Obrigado.

    ResponderExcluir