Pesquisar este blog

sábado, 5 de agosto de 2017

Luiz Melodia - Retrato do artista quando coisa (CD)

 Eclético álbum de 2001 inclui reggae, soul, jazz, funk, blues e até rap
A MPB, que já estava fraca, ficou mais magrelinha ontem com o falecimento aos 66 anos do pérola negra Luiz Melodia, que será sepultado neste sábado, dia 5, às 10h00 no Cemitério do Catumbi, no Centro do Rio, após velório na quadra do Grêmio Recreativo Escola de Samba Estácio de Sá. Ele lutava contra um câncer que atacou a medula óssea. Em sua homenagem, vou postar este “Retrato do artista quando coisa”, lançado em 2001 pela Indie Records/Universal. O CD é um trabalho sofisticado e eclético, no qual passeia por várias nuances da música negra importada (reggae, soul, jazz, funk, blues e até rap), como “Feeling da Música”, cheia de suingue, que abre o disco sem a merecida repercussão.

Luiz Carlos dos Santos, seu nome de batismo, nasceu no morro do Estácio, bairro da cidade do Rio de Janeiro, no dia 7 de janeiro de 1951. Único filho homem de Oswaldo e Eurídice, descobriu a música ao ver o pai tocando em casa. Começou sua carreira musical em 1963 com o cantor Mizinho, ao mesmo tempo em que trabalhava como tipógrafo, vendedor, caixeiro e músico em bares noturnos. Em 1964 formou o conjunto musical Os Instantâneos, com Manoel, Nazareno e Mizinho. Passou a adolescência compondo e tocando sucessos da Jovem Guarda e Bossa Nova. Essa experiência, juntamente com a atmosfera em que vivia - do tradicional samba dos morros cariocas - resultaram em uma mescla de influências que renderam a ele um estilo único, que chamou a atenção de um assíduo frequentador do morro do Estácio, o poeta Wally Salomão e de Torquato Neto.

Por meio de Wally, Gal Costa gravou “Pérola negra” no disco “Gal a todo vapor”, de 1972. Na sequência, foi a vez de Maria Bethânia interpretar “Estácio, Holly Estácio”, seguida da Wanderléa, que apresentou o blues “Segredo” (só gravado em 1975) no festival Phono 73, realizado em São Paulo em 1973, ano em que Melodia lançou o álbum “Pérola negra”, seu primeiro e antológico disco (na foto ao lado). Consegue projeção no festival Abertura, da Rede Globo, em 1975, com a música ´´Ebano”, e sua carreira acabou por consolidar-se no segundo álbum “Maravilhas contemporâneas”. A partir daí, Melodia lança diversos álbuns, e realiza shows, inclusive internacionais. Ao todo, foram 16 álbuns, sem contar as coletâneas e participações especiais. O mais recente, “Zerima”, de 2014, lhe rendeu o Prêmio Música Popular Brasileira na categoria MPB – Melhor cantor. Luiz partiu, mas a Melodia ficou. Confira:

01 - Feeling da música  
(Ricardo Augusto - Hyldon - Luiz Melodia)
02 - Otimismo  
(Célio José - Marize Santos)
03 - Gotas de saudade  
(Luiz Melodia - Perinho Santana)
04 - Lorena   
(Renato Piau - Luiz Melodia - Mahal)
05 - Levanta a cabeça  
(Ivan Nascimento - Osvaldo Nunes)
06 - Brinde 
(Ricardo Augusto - Luiz Melodia)
07 - Sempre comigo  
(William Duba - Anísio Silva)
08 - Esse filme eu já vi  
(Renato Piau - Luiz Melodia)
09 - Perdido   
(Luiz Melodia)
10 - Poderoso gangster  
(Guida Moira)
11 - Boa atmosfera  
(Papakid)
12 - Quizumba  
(Luiz Melodia - Cara Feia)
13 - Retrato do artista quando coisa  
(Manoel de Barros - Luiz Melodia)



6 comentários:


  1. http://www108.zippyshare.com/v/a4kotO6s/file.html

    ResponderExcluir
  2. Bela homenagem a esse grande artista brasileiro. Um dos mais autênticos compositores. Valeu.

    ResponderExcluir
  3. Grande Luiz Melodia.
    Mais um da música brasileira
    que ficará na saudade...
    Chico, Você tem o disco que contém
    o hit "juventude transviada"?
    Abraços.
    Kalypso

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Sim, tenho o CD "Maravilhas contemporâneas", segundo álbum do Melodia, que tem "Juventude transviada". Vou colocá-lo na lista de futura postagem. Aguarde. Abraços

      Excluir
  4. Valeu Chico.
    Vamos aguardar.
    Abraços.
    Kalypso
    (um fã do seu blog)

    ResponderExcluir
  5. POR FAVOR VC PODERIA POSTAR O LP DO GRUPO CICLONE1985 OU 86 SE NAO ME ENGANO ..DESDE DE JA AGRADEÇO AMIGO ABRAÇOSS

    ResponderExcluir