Pesquisar este blog

sábado, 15 de julho de 2017

Jair Rodrigues - Deixa isso pra lá (EP 1964)

 Primeiro grande sucesso do Jair Rodrigues foi lançado em Portugal pela Philips
Com a música “Deixa isso pra lá”, composta por Alberto Paz e Edson Menezes, o saudoso e querido cantor Jair Rodrigues foi considerado o primeiro rapper brasileiro. Ele conseguiu o status de precursor do gênero por ter lançado a música em 1964, com versos mais declamados (ou falados) do que cantados, e foi um dos primeiros sucessos da sua vitoriosa carreira.  A canção, que ganhou popularidade também graças à sua coreografia com as mãos, atravessou as fronteiras do Brasil, e foi lançada neste compacto duplo de 45 RPM em Portugal. O disco, enviado pelo amigo Laércio, a quem agradeço, é inédito no Brasil, e foi o primeiro do cantor por lá, como revela o texto na contracapa. As quatro faixas estão reunidas no seu segundo LP, “Vou de samba com você”, lançado no Brasil pela Philips em 1964. Confira:

01 - Deixa isso pra lá
(Alberto Paz - Edson Menezes)
02 - Cara de pau
(Haroldo Barbosa - Luis Reis)
03 - Vou de samba com você
(João Mello)
04 - Berimbau
(Baden Powell - Vinicius de Moraes)


COLABORAÇÃO: Laércio




6 comentários:


  1. http://www66.zippyshare.com/v/30hlOirw/file.html

    ResponderExcluir
  2. Caro Amigo Chico: peço vênia para, humildemente, fazer uma pequena correção histórica. O 1º. LP do saudoso Jair Rodrigues é o intitulado "O Samba como Ele é", lançado no mesmo ano do 2º LP ("Vou de Samba com Você"), isto é, também em 1964. Foi dele que saiu um sucesso que tocou muito nas emissoras de rádio: "O Morro não tem Vez". Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo Paulo,

      Você, como sempre, atento, generoso e educado em seus comentários. Tem toda razão. Já fiz a devida correção no texto. Muito obrigado, mais uma vez. Abraços

      Excluir
  3. Obrigado por mais essa raridade ao Chico, Laércio e aos comentários pertinentes do Paulo. Valeu pessoal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é quem lhe agradeço pela presença, sempre bem-vinda, no blog. A propósito, o Aderaldo atendeu ao seu pedido da música do Silvio César. O link está na postagem da coletânea dos Incríveis. Abraços

      Excluir
  4. Se me permite ocupar seu espaço para uma pequena historinha, já vou contando. Eu fui amigo pessoal de Jair Rodrigues e Wilson Simonal (eu era produtor musical) e eles, bem como muitos outros da época, me contavam casos hilariantes! Simonal me disse que em 65/66 foi a Portugal para uma série de shows no Estoril e, desembarcando em Libos, pegou um taxi. Imediatamente o motorista, olhando pelo retrovisor, disse: 'Nossa! Que prazer ter o senhor em meu veículo! Sou seu fã incondicional... Adoro aquela sua música (e catarolando): 'Deixa isso pra lá, vem prá cá, o que é que tem...' Não preciso dizer que Simonal se divertiu com esta gafe, mas não desmentiu o motorista (Simonal era um gentleman).

    ResponderExcluir