Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Fernando Reis - Compactos raros (2017)

 Fernando Reis trocou seu nome artistico para Juliano Rivas após a Jovem Guarda
Esta postagem reúne três compactos simples do cantor e compositor Fernando Reis, gravados na Mocambo/Rozenblit (1968), Lenc Discos (1969) e Epic/CBS (1971), além da faixa bônus “Malvada”, baixada na rede, e lançada pela Continental em 1966. Infelizmente, não encontrei referências sobre o artista em minha pesquisa, salvo o fato de que teria trocado seu nome artístico para Juliano Rivas a partir de 1972, quando gravou o single com as músicas “Seria um mar de rosas” e “Maldita hora que eu briguei com você” pela gravadora CID. Com a nova denominação, gravou outros compactos e até um LP, pelo selo Rural, obtevendo sucesso como  compositor da música “Vem me fazer feliz”, gravada em 1975 pelo Angelo Máximo, seu parceiro nessa composição. Confira:

01 - 1968 - Amor com ódio (com The Fires)
(Fernando Reis - Almir Ramos)
02 - 1968 - Não te esqueço nunca (com The Fires)
(Fernando Reis - Marçon)
03 - 1969 - É problema meu (Arranjos: Portinho)
(Fernando Reis - Lindomar Castilho)
04 - 1969 - Vem não te demores (Arranjos: Portinho)
(Fernando Reis - Siros)
05 - 1971 - Tú és meu tudo
(Fernando Reis - Liz Santos)
06 - 1971 - Você levou meu sorriso
(Lena Paris)
07 - 1966 - Malvada (Bônus)
(Alexandre Cirus - Tabo)




Um comentário: