Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Jamelão - O samba é bom assim!... (LP 1959)

LP lançado pela Continental tem o subtítulo "A boite e o morro na voz de Jamelão"
O cantor Jamelão, famoso por interpretar sambas-enredo da Estação Primeira de Mangueira durante 58 anos (de 1949 a 2006), comparece mais uma vez no blog com este álbum de 1959, gravado pela Continental. O disco, enviado pelo amigo Laércio, a quem agradeço pela colaboração, traz repertório formado por samba e samba-canção, daí o título “O samba é bom assim”, com o dispensável subtítulo “A boite e o morro na voz de Jamelão". O destaque do álbum é a faixa “Exemplo”, do Lupicinio Rodrigues, de quem gravou várias músicas, e tornou-se um dos seus principais intérpretes. O álbum também traz quatro músicas, três das quais compostas em parceria com outros autores, do desconhecido José Bispo, provavelmente o próprio Jamelão, considerando seu nome de batismo, José Bispo Clementino dos Santos, que já tem sinopse de sua carreira divulgada no blog. Confira:

01 - O samba é bom assim
(Norival Reis - Hélio Nascimento)
02 - Solidão
(Guaxinin - Floriano Mattos)
03 - Decisão
(Jorge Duarte - José Batista)
04 - Escravo de um coração
(Alcebiades Nogueira - José Batista)
05 - Nostalgia
(Astor Silva - Zeca do Pandeiro)
06 - Que onda é essa
(José Bispo)
07 - Falta de queda
(Ari Valerio - Elto Medeiros)
08 - Exemplo
(Lupicinio Rodrigues)
09 - Jajá da Gamboa
(Batatinha - José Bispo)
10 - Águas passadas
(José Bispo - Edgardo Luiz)
11 - Eu sofro também
(Bolivar Duarte - Geraldo Quirino)
12 - A saudade já chegou
(Norival Reis - José Bispo)

COLABORAÇÃO: Laércio


Um comentário: