Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 19 de junho de 2016

Paulo Roberto - Deixa-me cantar (LP 1969)

 Paulo Roberto canta autores como Nenéo, Elizabeth, Getúlio Cortes e outros
Você conhece ou tem informações sobre o cantor Paulo Roberto? Eu nada sei, assim como o Aderaldo, que me enviou este raro LP e um compacto simples que o artista gravou em 1969 na Continental. Agradeço a ele por mais essa colaboração e também a quem escrever informações sobre o cantor nos comentários. O fato é que, na rabeira da Jovem Guarda, ele devia ter bom trânsito no meio artístico, ou talvez, foi assessorado por alguém influente pra reunir e gravar inéditas de autores como Getúlio Côrtes, Nenéo, Sidney Quintela, Elizabeth, José Messias, Nazareno de Brito, Evaldo Gouveia e Jair Amorim, entre outros. O single, por sua vez, traz a canção “Bimba”, do Santos Dumont, que abre o LP, e “Não me peça um beijo”, do Antonio Marcos e Mário Marcos, com acompanhamento do Samjazz Quintet, faixa que segue como bônus. Confira:

01 - Bimba
(Santos Dumont)
02 - Deixa-me cantar
(José Messias)
03 - Estou gostando cde uma garota
(Othon Russo - Niquinho)
04 - Canção pra não chorar
(Carlos Roberto)
05 - Quisera esquecer
(Sidney Quintela)
06 - Não faz mal
(Elizabeth)
07 - Não chore assim
(Nenéo)
08 - Quem
(Nazareno de Brito - Geraldo Figueiredo)
09 - Que espécie de tolo sou eu
(Getúlio Côrtes)
10 - Bem feito pra mim
(Elizabeth)
11 - Conte até dez
(Evaldo Gouveia - Jair Amorim)
12 - Não posso fingir
(Nenéo)
13 - BÔNUS  - Não me peça um beijo (com Samjazz Quintet)
(Antonio Marcos - Mario Marcos)


COLABORAÇÃO: Aderaldo




5 comentários:

  1. http://www48.zippyshare.com/v/tI6V6Eub/file.html

    ResponderExcluir
  2. Muito legal! Apesar de não ser tão antigo... é um LP raro (dificilmente é visto em "sebos"). Paulo Roberto, até onde sabemos, gravou - nesta ordem - pelos selos Copacabana (um 78 rpm e um Compacto Duplo, 1963 - as faixas do 78 rpm estão incluídas no Compacto); Mocambo (um Compacto Simples, 1967); Continental (dois Compactos Simples e um LP, 1969); e Epic (um Compacto Simples, 1970). Desconhecemos mais algum disco por ele lançado. Observação: Há controvérsias se todos esses discos pertencem a um mesmo Paulo Roberto, pois, há quem ache que a imagem de um Paulo Roberto de um disco é um pouco diferente da de um outro... Particularmente, achamos tratar-se da mesma pessoa, mas, se houver possibilidade de dirimir a dúvida, seria muito bom. Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas informações. Tenho dúvida se, de fato, todos esses discos são do mesmo intérprete. Vou postar uns compactos do Paulo Roberto. Quem sabe, assim, podemos tirar algumas conclusões. Muito obrigado, mais uma vez. Abs!

      Excluir
  3. Caro CHICO, lembro-me do cantor PAULO ROBERTO (esse do LP), que era assessorado pela saudosa Comunicadora Carioca CÉLIA MARA. Havia comentários de que ambos tinham um relacionamento amoroso. O fato de gravar canções de compositores famosos seja em decorrência do prestígio da CÉLIA MARA.

    ResponderExcluir
  4. Chico e Aderaldo,obrigado pelas raridades em compactos do Paulo Roberto
    Na minha opinião são dois cantores diferentes,o de 1969 e o de 1971/1974( este interpreta músicas mais regionais)

    ResponderExcluir