Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Junior - Povo feliz (Voa canarinho) - CS 1982

 Craque Junior fez sucesso com samba que embalou a seleção na Copa de 1982
A eleição para a vice-presidência da CBF, marcada para hoje à tarde, no Rio de Janeiro, é mais um capítulo vergonhoso na história do futebol brasileiro. O candidato único, coronel Nunes, foi escolhido a dedo pelo atual presidente licenciado, Marco Polo Del Nero, e ocupará a vaga deixada por José Maria Marin, acusado de corrupção pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, onde se encontra em prisão domiciliar no apartamento de luxo que possui na Quinta Avenida, em Nova York. A oposição à diretoria da CBF tentou suspender o pleito, mas o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro cassou a liminar que cancelava a eleição, apesar da manifestação de pequeno grupo de atletas e torcedores esta semana em frente à sede da entidade. O coronel Nunes, a ser confirmado o pleito, será o substituto de Del Nero, caso ele renuncie - como pedem os manifestantes - por ser o mais velho. Ou seja, uma troca de seis por meia dúzia.

Como é de conhecimento público, o dirigente máximo do futebol brasileiro enfrenta uma crise desde que o Departamento de Justiça dos EUA o incluiu no rol de indiciados por corrupção. Ele alega inocência, se licenciou do cargo e sumiu, mas passou a manejar atrás das cortinas para se manter no poder. Lamentavelmente, foi preciso que a justiça norte-americana tomasse rédeas da situação, prendendo cartolas suspeitos de vários países para expor a podridão na Fifa, na CBF e em outras confederações. Quem deveria, de fato, fazer uma varredura na direção da CBF, que peca pela falta de transparência e adota calendário criticado por jogadores e técnicos, é a parte teoricamente mais interessada: os clubes de futebol. No entanto, segundo o noticiário, a CBF conta com o apoio de 12 clubes da Série A e 10 da Série B. Os nomes não foram revelados pela entidade, mas não é preciso QI elevado pra entender que, ao dar o seu aval, esses clubes têm rabo preso, são igualmente sujos, e se calam diante da corrupção que corre solta no futebol. Deveriam ser investigados também. Compete aos torcedores a tarefa de cobrar postura digna dos seus clubes preferidos.

Um dos reflexos dessa bandalheira – que envolve escolha de técnico e convocação de certos jogadores por interesse de empresários, sem considerar efetivamente as habilidades técnica e tática dos atletas – aconteceu na Copa do Mundo de 2014 no Brasil, com os sete gols sofridos pela seleção canarinho, que marcou apenas um, no jogo contra a Alemanha. O resultado é lamentável, mas serve de alerta. É triste, como torcedor, ver o que esses milionários senhores fizeram com o nosso futebol, cada vez mais pobre, sem investimento, e sem revelar tantos talentos como no passado. Pra marcar minha indignação, vou postar este single do craque Junior, gravado na esteira da Copa do Mundo de 1982 na Espanha. Agradeço o amigo Wilson Arruda por mais esta colaboração, e encerro torcendo para que um dia possamos, de fato, cantar “Voa, canarinho, voa/ Mostra pra esse povo que és um rei”. No momento, do jeito que está, ainda é plebeu, infelizmente. Confira:

01 - Povo feliz (Voa, canarinho)
(Memeco – Nonô)
02 - Pagode da Seleção
(Alceu Maia – Júnior)

COLABORAÇÃO: Wilson Arruda


8 comentários:

  1. http://www68.zippyshare.com/v/4CxzzMm3/file.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novo link:

      http://www.4shared.com/rar/2GTSkTDNba/1048_-_JR.html?

      Excluir
  2. Belíssimo texto amigo Chico. Faço minhas as suas palavras.
    Tudo o que acontece atualmente em nosso pais deve-se aos dirigentes de algumas autarquias. É tudo vergonhoso.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. É bom saber que não sou o único a pensar assim. Abs.

      Excluir
  3. jose mauricio- MACEIO - AL. estou solidario a sua indignacao CHICO sem nada a acrescentar porque voce ja disse tudo, deixo um FELIZ NATAL a voce e sua familia. abracao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, José Maurício. Agradeço pelos comentários ao longo do ano, e desejo também a você e família um Feliz Natal, e um 2016 repleto de realizações com muita saúde. Abs.

      Excluir