Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

O melhor de Luiz Vieira (LP 1968)

 Grandes sucessos do artista estão reunidos neste LP lançado pela Copacabana
Taí um cantor, compositor e radialista que curto muito, mas que raramente aparece nos meios de comunicação: Luiz Rattes Vieira Filho, mais conhecido por Luiz Vieira, famoso pelos sucessos “Prelúdio pra ninar gente grande”, o popular “Menino passarinho", e “Paz do meu amor (Prelúdio nº 2)”. Os dois hits, hoje clássicos, foram gravados respectivamente em 1962 e 1963, período em que gozava enorme popularidade. As duas canções estão neste “O melhor de Luiz Vieira”, lançado originalmente em 1968 pela Copacabana, e com outras reedições desde então, como este exemplar produzido em ano que desconheço pelo selo Som Hi Fi.

Luiz Vieira, que não gosta de ser chamado de cantor, e sim de cantador, é pernambucano de Caruaru, e nasceu em 12 de outubro de 1928. Segundo a Wikipedia, seu nome foi uma homenagem ao avô. Perdeu a mãe com apenas dois anos. Antes dos 10, mudou-se para o Rio de Janeiro, sendo criado pelo avô em Alcântara, município de São Gonçalo. Na ex-capital federal exerceu diversas atividades antes de ingressar na vida artística. Foi chofer de caminhão, motorista de táxi, guia de cego, engraxate e lapidário. Em criança, cantou em circos e parques de diversão. Aos oito anos, produziu sua primeira composição. No início, chegou a imitar Vicente Celestino, e cantava músicas românticas, valsas e samba-canções.

Foi crooner de orquestra num cabaré da Lapa, no Rio, e em 1950 foi contratado pelas rádios Tupi e Record, ambas das Emissoras Associadas. A canção “Menino de Braçanã”, de 1953, foi seu primeiro sucesso, na voz de Roberto Paiva e, em seguida, o cantor Ivon Curi gravou-a. Em 1954, era cantor da rádio e televisão Record de São Paulo, permanecendo até 1961. O apogeu aconteceu com o programa "Encontro com Luiz Vieira", que estreou em 1962 na  extinta TV Excelsior, canal 9, de São Paulo. Vieram os grandes sucessos, mas a partir de meados dos anos 1960, com o boom da Jovem Guarda e do rock, gravou discos esporádicos, atuando ainda como locutor de rádio. O artista é estudioso das músicas de cordel e está em plena atividade. Confira, agora, o melhor deste cantador:

01 - Paz no Meu Amor - Prelúdio nº 2
(Luiz Vieira)
02 - Menino de Braçanã
(Luiz Vieira - Arnoldo Passos)
03 - Estrela de Veludo
(Luiz Vieira)
04 - Balada do Amor Sublime
(Luiz Vieira)
05 - Amor em Clima de Paz
(Luiz Vieira - Fernando José)
06 - Prelúdio para Ninar Gente Grande
(Luiz Vieira)
07 - Ponteio
(Edu Lobo - José Carlos Capinam)
08 - Os Olhinhos do Menino
(Luiz Vieira)
09 - Guarânia da Lua Nova
(Luiz Vieira)
10 - Catira
(José Di - Michel Butnariu)
11 - Riram Tanto
(Luiz Vieira)
12 - Inteirinha
(Luiz Vieira)



8 comentários:

  1. http://www41.zippyshare.com/v/1Gc7GVfN/file.html

    ResponderExcluir
  2. Antonio Magalhães22 de outubro de 2015 06:11

    A Obra de Luiz Vieira dentre maioria clássicos até "Guarânia da Lua Nova"
    desfila em gerações: Moacyr Franco "Riram Tanto", Jessé "... Passarinho"
    a exemplos... Parabéns por tais informes: relato e planilha musical; Chico!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom Chico!!! Aliás, como leitor assíduo de seu blog, dê-nos o prazer da sua visita e avalie a possibilidade de uma parceria de links. Abraço.
    www.batebocamusical.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Muito Bem Chico, Belíssima coletanea,

    ResponderExcluir
  5. Luiz Vieira apresenta o programa "Minha terra, nossa gente", de segunda a sexta, das 6h às 8h, pela Rádio Manchete AM 760 kHz, do Rio de Janeiro. Essa emissora transmite também pela internet. Programa de alto valor cultural, que não deixa morrer os grande nomes da música brasileira.

    ResponderExcluir
  6. https://www.facebook.com/luizvieiracantor/

    ResponderExcluir
  7. Oi Chico, seu blog é bem legal, muita preciosidade musical, num mundo cheio de porcaria atualmente. Precisamos de pessoas como você que sabe valorizar a boa musica. Grande abraço e deixo minha admiração pelo seu bom gosto e seus textos sobre os discos. Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. Seja sempre bem-vindo ao blog. Abraços

      Excluir