Pesquisar este blog

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Rossini Pinto - Antologia - Convite de amor

 Seleção reúne 15 gravações lançadas em 3 EPs, 1 CS e uma coletânea
Recebi do amigo e colaborador Geraldo, a quem agradeço, dois singles do Rossini Pinto: o EP “Viver sem ninguém”, de 1971, e o compacto simples de 1976, ambos produzidos na CBS (Sony), onde também atuou como produtor musical. Achei interessante montar uma pequena antologia, com 15 faixas apenas, mesmo sabendo da existência de outros discos do Rossini. A coletânea acrescenta faixas de mais dois EPs, o de 1961, e o de 1963, além da música “Só vou gostar de quem gosta de mim”, incluída no segundo volume da coletânea “Só Sucessos”, lançada pela Odeon em 1967, já postada aqui, e também do acervo do Geraldo. Vale destacar que o disco de 1961 traz suas quatro primeiras gravações, entre as quais a curiosa parceria musical com o então presidente Jânio Quadros, com quem aparece na capa (na foto abaixo). 

Rossini Pinto nasceu em Ponte de Itabapoana, no Espírito Santo, em 24 de janeiro de 1937 e faleceu no Rio de Janeiro em 25 de junho de 1985. Em 1955, trabalhava como repórter do diário esportivo Jornal dos Sports e do matutino Correio da Manhã, no Rio. Começou a carreira musical por acaso, em 1960, ao musicar o poema "Convite de Amor", do então Presidente da República, Jânio Quadros. O fato obteve repercussão na mídia, o que provocou o interesse de várias gravadoras. Acabou assinando com a Copacabana, e lançou naquele mesmo ano a música num 78 RPM, acoplada com “Lucy”, no lado B, com acompanhamento do Betinho e seu conjunto. O prestígio e o sucesso, no entanto, só vieram mesmo como compositor, assinando dezenas de versões e canções próprias, gravadas pelos principais nomes da Jovem Guarda, como Roberto Carlos, Jerry Adriani, Renato e seus Blue Caps, The Fevers, Golden Boys, Trio Esperança, e vários outros. Curiosamente, Rossini é citado na letra da música "Três rapazes", gravada pela Wanderléa no LP "É tempo do amor", de 1965, o mesmo que tem "Ternura" e outras quatro de sua autoria.  Confira o cantor:

01 - 1960 - Convite de amor
(Jânio Quadros - Rossini Pinto)
02 - 1960 - Lucy
(Rossini Pinto)
03 - 1961 - Rock presidencial
(Rossini Pinto)
04 - 1961 - Vamos brincar de amor
(Vadico - Humberto Sales)
05 - 1963 - Sha la la lu (Por causa de você)
(Rossini Pinto)
06 - 1963 - Voa passarinho
(Rossini Pinto - Fernando Costa)
07 - 1963 - Amor e desprezo
(Rossini Pinto)
08 - 1963 - Maninha, maninha
(Moacyr Bastos - Darcy Silva)
09 - 1967 - Só vou gostar de quem gosta de mim *
(Rossini Pinto)
10 - 1971 - Viver sem ninguém *
(Rossini Pinto)
11 - 1971 - O pranto do mundo *
(Rossini Pinto)
12 - 1971 - Carroça que corre demais *
(Rossini Pinto)
13 - 1971 - Queria tanto que você gostasse mais de mim *
(Rossini Pinto)
14 - 1976 - A carruagem *
(Rossini Pinto)
15 - 1976 - Semente do mal *
(Rossini Pinto)

* Colaboração: Geraldo

Um comentário: