Pesquisar este blog

sábado, 2 de maio de 2015

Trilha sonora nacional da novela Nina (LP 1977)

 Clássicos do chorinho compõem a trilha sonora da novela de época da Globo
Não assisti, e nem tinha ideia do conteúdo da novela "Nina" até ler a sinopse na Wikipedia. Mesmo assim, frente a centenas de discos com trilha sonora de telenovelas, costumo colocar o presente álbum na minha lista de preferidos. É um disco com clássicos do chorinho/maxixe, compostos por autores de primeira grandeza, como Ary Barroso, Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Custódio Mesquita, João de Barro e até o cantor Francisco Alves, entre outros. O time de músicos e intérpretes é igualmente de primeira, como João Nogueira, Os Originais do Samba, Altamiro Carrilho, Luiz Ayrão, Ivon Cury, A Cor do Som, César Costa Filho, Maria Martha, Sonia Santos, Grande Otelo e outros. A cantora e atriz Marília Barbosa, que também atuou na novela, está no disco com a maliciosa “Eu dei”, sucesso original da Carmen Miranda.

Segundo a Wikipedia, "Nina" foi produzida e exibida pela Rede Globo entre 27 de junho de 1977 e 13 de janeiro de 1978, às 22 horas, substituindo "Saramandaia" e sendo substituída por "O Pulo do Gato". Com 142 capítulos, a telenovela foi escrita por Walter George Durst e teve roteiro final de Wálter Avancini. A direção foi de Fábio Sabag e supervisão de Wálter Avancini. Muito prejudicada pela censura, a novela marcou a estreia do cantor Fábio Jr. na dramaturgia da emissora, e também ajudou a apagar da atriz Regina Duarte, a protagonista da trama, a imagem de "namoradinha do Brasil", que seria definitivo com a série de TV "Malu Mulher", em 1979. Felizmente, o pessoal da censura não mexeu na trilha sonora que, oriunda da chamada Velha Guarda, é deliciosa de ouvir por qualquer geração. Confira:

01 - João Nogueira - Vamos deixar de intimidade
(Ary Barroso)
02 - Cesar Costa Filho - Paciente
(Pixinguinha - Daniel Santos)
03 - A Cor do Som - Brejeiro
(Ernesto Nazareth)
04 - Marília Barbosa - Eu dei
(Ary Barroso)
05 - Os Originais do Samba - Nego véio quando morre
(D.P. - arr. e adapt. Pachequinho)
06 - Luiz Ayrão - Apanhando papel
(Getúlio Marinho - Ubiratan Silveira)
07 - Altamiro Carrilho - Primeiro amor
(Pattapio Silva)
08 - Sonia Santos e Grande Otelo - Quem é
(Custódio Mesquita - Joracy Camargo)
09 - Os Turunas da Pauliceia - Atraente
(Chiquinha Gonzaga)
10 - Os Frajolas - Há uma forte corrente contra você
(Francisco Alves - Orestes Barbosa)
11 - Altemar Dutra - Choro e poesia
(Pedro de Alcantara - Heloisa Alcantara)
12 - Netinho e seu conjunto - Urubu malandro
(Louro - João de Barro)
13 - Maria Martha - Flor amorosa
(Catulo da Paixão Cearense - Joaquim Antonio da Silva Callado) 
14 - Ivon Cury - O almofadinha
(J.Poliegoni - De Castro e Souza)



3 comentários:

  1. http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/0845+-+NINA,514802907.rar(archive)

    ResponderExcluir
  2. Suas Postagens estão excelentes!!
    A Título de curiosidade, a novela NINA foi produzida às pressas para substituir a novela DESPEDIDA DE CASADO,que havia sido proibida de ser exibida pela Censura da época.Motivo: atentar contra a moral e os bons costumes(acusação bastante comum na época)por abordar um tema tabu no período: o divórcio. Todo o elenco desta novela acabou sendo transferido para Nina.
    Aproveito o espaço para fazer um aviso: o álbum do Evandro Mesquita PROCEDIMENTO NORMAL,que você postou a algumas semanas atrás possui defeitos. A segunda faixa- chamada Gata No Cio"-é,na verdade,"O Trem"; e a terceira faixa,chamada "o Trem"é,na verdade,"A Verdadeira História de Alexandre Mac-Mac",que acaba sendo reprisada na quarta faixa! faça o download do arquivo e se oriente pelo encarte com as letras das músicas para comprovar a falha.
    Um Abraço, e tudo de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas informações adicionais sobre a novela. Ajudam a enriquecer a postagem. Valeu!!!

      O disco do Evandro Mesquita está na íntegra. O problema é que, por distração minha, não separei as duas primeiras faixas no momento da edição do áudio, e gerou essa confusão. Fiz o acerto, e disponibilizei um novo link. Agradeço por informar, e seja sempre bem-vindo ao blog. Abs.

      Excluir