Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 7 de abril de 2015

Plebe Rude - O concreto já rachou (LP 1985)

 Banda formada no ano de 1981 fez parte do movimento punk em Brasília
 “O Concreto Já Rachou” é o disco de estreia da Plebe Rude, e foi lançado pela EMI-Odeon em 1985, às vésperas da abertura política.  O álbum, apresentado como mini LP, tem apenas sete faixas, entre as quais os sucessos “Proteção” e “Até quando esperar”. A banda, constituída em 1981, em Brasília, era formada por André X (baixo), Gutje (vocal e bateria), Jander Bilaphra (vocal e guitarra) e Philippe (Vocal e guitarra), e fez parte do movimento punk do Planalto Central, ao lado de bandas como o Aborto Elétrico, semente da Legião Urbana e Capital Inicial.

Com este disco, o primeiro de ouro da turma de Brasília, a banda obteve projeção nacional. O segundo disco, “Nunca Fomos Tão Brasileiros”, que ajudou a consolidar o rock nacional, foi apresentado à sociedade juntamente com a nova Constituição de 1988. O terceiro disco, “Plebe Rude”, veio num momento para o cidadão brasileiro se redescobrir e a Plebe explorar raízes brasileiras, criando o embrião do forró-rock, que teve seu ápice anos depois com os Raimundos, banda também de Brasília. Passando pelo governo Collor e seus confiscos, a Plebe lançou “Mais Raiva do Que Medo”.

Dois anos depois, uma pausa fez os membros fundadores, André X e Philippe Seabra, morarem em países diferentes durante vários anos, segundo informa o site da banda. No século XXI, houve o retorno com o ao vivo “Enquanto a Trégua Não Vem”. Em 2004, Clemente, oriundo dos Inocentes de São Paulo, trouxe um tempero punk agressivo/construtivo ao quinto disco de estúdio, “R ao Contrário”. O sexto só viria 10 anos depois, em 2014, intitulado  “Nação Daltônica”. Além dos fundadores Philippe Seabra (guitarra e voz) e André X (baixo), a Plebe Rude atualmente conta com Clemente Nascimento (guitarra e voz) e o brasiliense Marcelo Capucci (bateria). Confira como tudo começou:

01 - Até Quando Esperar
(Philippe – André X – Gutje)
02 - Proteção
(Philippe)
03 - Johnny Vai À Guerra
(Plebe Rude)
04 - Minha Renda
(Philippe – Plebe Rude)
05 - Sexo e Karatê
(André X – Jander Bilaphra)
06 - Seu Jogo
(Philippe – Jander Bilaphra – Gutje – André X)
07 - Brasília
(Plebe Rude)




Um comentário:

  1. http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/0820+-+PLEBE,451625981.rar(archive)

    ResponderExcluir