Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Maurício Pereira - Canções que você já assobiou

 Maurício Pereira, acompanhado pelo Turbilhão de Ritmos, em CD gravado em 2003
Após a postagem do álbum “House & Remix”, e de relembrar “Os Mulheres Negras”, fui atualizar minhas informações sobre o grupo e acabei encontrando este CD do Maurício Pereira no blog EuOvo. O CD, intitulado "Canções Que Um Dia Você Já Assobiou - vol.1", foi gravado ao vivo em 2003, no qual é acompanhado pelo grupo Turbilhão de Ritmos. A única instrumental é a que abre o disco, “El Presidente”, sucesso de 1964 de Herb Alpert's Tijuana Brass, e prossegue num desfile de hits populares. A seleção inclui desde “Marcianita” (sucesso do Sérgio Murilo), passa por “Galopeira” (Donizeti) e vai até “O amor e o poder” (Rosana). Com esse repertório, pra lá de variado, numa mistura aparentemente indigesta, ele e sua banda conseguem desenvolver o show de forma satisfatória e divertida. Achei interessante repostá-lo, mantendo o link original.

Maurício Pereira - músico, compositor, cantor e saxofonista - nasceu na cidade de São Paulo em 1959. Ao longo de sua carreira, gravou um total de 8 discos, sendo dois com Os Mulheres Negras e seis discos solo, consagrando-se como um dos ícones da música independente brasileira. No início dos anos 1990 participou, como cantor, do programa diário Fanzine, apresentado pelo escritor Marcelo Rubens Paiva na TV Cultura. Lá, entre 1992 e 1995, cantou mais de 600 canções de compositores brasileiros, sempre acompanhado pela banda fixa do programa, a Banda Fanzine. Em 1995, lança seu primeiro disco solo e de produção independente, "Na Tradição", onde é o autor da maioria das composições. Em dezembro de 1996 realiza o primeiro show ao vivo via internet no Brasil.

Dois anos depois, em 1998, lança seu segundo CD solo, autoral, "Mergulhar na Surpresa", acompanhado pelo pianista Daniel Szafran, com convidados especiais em algumas faixas. Seu trabalho musical envolve ainda a direção de shows, a realização de oficinas e palestras e a produção de discos e de conteúdo para documentários, jornais, revistas, filmes e peças teatrais, daí o intervalo irregular entre um disco e outro, como este, de 2003, o terceiro da carreira. Depois dele, foram lançados “Pra Marte” (2007) e “Carnaval Turbilhão” (2009, outra vez com o grupo Turbilhão de Ritmos). Eclético, dividiu palco em 2013 com Wanderléa, Giana Viscardi e Regional do Choro em show (aqui) de chorinho. Em 2014, lançou o mais recente CD, "Pra onde eu tava indo". Confira este:

01 - El presidente
02 - Sou uma criança não entendo nada
03 - Marcianita
04 - Pensando nela & Pra que vou recordar o que chorei
05 - Eu sonhei que tu estavas tão linda
06 - Se non avessi piu te
07 - Iracema
08 - Meu mundo e nada mais
09 - Universo no teu corpo
10 - Cristina
11 - Muito estranho
12 - Férias na Índia
13 - O homem de Nazaré
14 - O amor e o poder
15 - Galopeira
16 - A praça

Fonte: Eu Ovo



5 comentários:

  1. http://www.4shared.com/file/38668365/544118f3/2003_Canes_que_Um_Dia_Voc_j_Assobiou_Vol_1___Turbilho_de_Ritmos_.html

    ResponderExcluir
  2. MEUS PÊSAMES PELO LINK.

    ResponderExcluir
  3. O link acima está ativo, VIVO, apesar do “pêsames” dado em letras garrafais pelo “Anônimo” acima. Com certeza é de alguém que, por preguiça, má vontade ou baixo QI, não aprendeu a baixar no 4shared, e nunca agradece pelos discos baixados do blog. Além de ingrato, ainda comete a gafe de dar os pêsames a pessoa errada, pois o link não é meu, como deixo claro no texto de apresentação, e sim do blog Eu Ovo, a quem dou o devido crédito.
    Vida de blogueiro não é fácil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antonio Magalhães15 de abril de 2015 05:25

      Incrível como o sucesso incomoda: Minimiza mais a formiga perante Gigante!

      Excluir
  4. Peça pro sobrinho ajudar.

    ResponderExcluir