Pesquisar este blog

sábado, 7 de março de 2015

Elliot canta os sucessos da Jovem Guarda (CD s/d)

 Elliot interpreta 38 músicas da Jovem Guarda no CD sem o ano da produção
 Cantor substituiu Dino, da dupla com Deny, durante festejos dos 40 anos da JG
Quem gosta das músicas da Jovem Guarda vai curtir este CD do Elliot. Ele interpreta, em ritmo de pot-pourri, vários sucessos do movimento musical que sacudiu a juventude nos anos 1960. Com exceção da inédita “O calhambeque da história”, que abre o disco, e “Wisky a go go”, sucesso do grupo Roupa Nova que encerra o álbum, o CD contempla 38 canções do período. Vale observar que a segunda faixa, “Ninguém poderá julgar-me”, é emendada com a terceira, razão pela qual o CD deve ser gravado sem intervalo entre as músicas. Este raro disco, que não informa o ano da produção, é mais uma colaboração do amigo Aderaldo, a quem agradeço. 

Pra quem não sabe, o cantor Elliot – que já tem disco postado (aqui) no blog – foi o terceiro “Dino”, da dupla Deny & Dino, substituindo Décio Scarpelli e Gilberto Gonçalves Pereira, falecidos em 1994 e 1996, respectivamente. Elio de Souza Reis, seu nome de batismo, nasceu em 2 de outubro de 1951 em Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Fez várias apresentações em dupla, inclusive nas comemorações dos 40 anos da Jovem Guarda, mas gravou com Deny apenas uma música, “Asa delta”, incluída no CD "Rockomodo". Em 2012, a parceria chegou ao fim, e cada um segue carreira solo. Confira:

01 - O calhambeque da história
02 - Ninguém poderá julgar-me
03 - O vagabundo
Vem quente que eu estou fervendo
04 - No dia em que parti
Eu não presto mas eu te amo
Coração de papel
Lágrimas nos olhos
05 - Última canção
Benzinho
06 - Se eu pudesse conversar com Deus
Menina de trança
Meu grito
07 - Meu bem
Querida
Quero lhe dizer cantando
Perto dos olhos, longe do coração
08 - Menina feia
A pobreza
Pobre menina
09 - O ritmo da chuva
Devolva-me
Eu não sabia que você existia
Emoção
A volta
Coruja
Alguém na multidão
10 - O pão
Mon amour, meu bem, ma femme
Deixa de banca
11 - As curvas da Estrada de Santos
Lobo mau
Eu sou terrível
Negro gato
Quero que vá tudo pro inferno
O bom
Parei na contramão
Parei, olhei
Rua Augusta
Whisky a go go

Colaboração: Aderaldo



Um comentário:

  1. http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/0793+-+ELLOT,344724155.rar(archive)

    ResponderExcluir