Pesquisar este blog

domingo, 28 de setembro de 2014

Miltinho - Samba-festa de um povo (EP 1968)

 Miltinho ficou conhecido ao longo de sua carreira como "O rei do ritmo"
Quero prestar, com relativo atraso, a homenagem póstuma do blog ao cantor Milton Santos de Almeida, conhecido como Miltinho, falecido no último 7 de setembro, aos 86 anos. O cantor foi vítima de uma parada cardíaca no Hospital do Amparo, no Rio Comprido, Zona Norte do Rio, onde estava internado havia dois meses em tratamento de um problema pulmonar. Com a música “Mulher de 30”, Miltinho ganhou o reconhecimento do público, e fez sucesso com canções como "Mulata assanhada", “Palhaçada”, “O conde”, “Laranja madura”, “Volta” e “Menino moça”, entre outras.

Miltinho recebeu vários prêmios, participou dos principais programas de televisão da época, e animou carnavais com marchinhas como "Nós os carecas". No aniversário de 70 anos, em 1998, lançou o CD "Miltinho Convida", com elenco de alguns de seus aprendizes confessos, como João Nogueira, João Bosco, Luiz Melodia, Chico Buarque, entre outros. Já gravou também com Zeca Pagodinho, Elza Soares, Martinho da Vila, Ed Motta e Mariana Baltar. Como intérprete, lançou João Nogueira e Luiz Ayrão. Neste EP, lançado em 1968 pela Odeon, Miltinho mostra porque, ao longo da carreira, ficou conhecido como “O rei do ritmo”. Confira:

01 - Samba-festa de um povo
(Hélio Turco – Odir Alves – Luiz – Batista da Mangueira – Darcy)
02 - Bom dia, meu amor
(W.Dionisio – B.Onça)
03 – Voltei
(Osvaldo Nunes – Celso Castro)
04 - Samba da rosa
(Jorge Costa – Celso Martins)



2 comentários: