Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Cassiano - Cedo ou tarde (CD 1991)

Cassiano, gênio esquecido, no último disco em 1991, lançado pela Columbia
Postei hoje, 16 de setembro de 2013, o álbum “Estamos em dia com o sucesso”, no qual está incluída a faixa “O vale”, do cantor e compositor Cassiano. A música foi extraída do seu segundo LP, intitulado “Apresentamos nosso Cassiano”, produzido em 1973 pela EMI-Odeon. Foi o suficiente pra me lembrar deste “Cedo ou tarde”, álbum que o músico lançou em 1991 pela Columbia (Sony). Eu o comprei faz tempo num sebo por preço popular porque o disco não tinha a arte gráfica. Valeu a pena adquiri-lo, mesmo sem a capa e contracapa, porque o CD (na foto abaixo) é excelente. Agora, finalmente, após tanto tempo, tratei de procurar as ilustrações que me faltam. Só as encontrei no Mercado Livre, mas as imagens são do LP, como se pode notar pelas imagens acima. Quem sabe, por meio do blog, eu consigo as ilustrações do CD com a qualidade que o disco merece. Agradeço desde já a quem enviar.

Fiquei curioso pra saber por onde andará Cassiano. Faz anos que nada sei a seu respeito. Acredito que a nova geração nem o conhece. Nessa busca, me deparei com o belo texto do jornalista e crítico Mauro Ferreira, administrador do blog Notas Musicais. “Precisamos urgentemente falar com Cassiano e dar as flores em vida a este gênio da soul music à moda brasileira, tão importante quanto Tim Maia (1942 - 1998) na tradução desse ritmo norte-americano para o idioma musical nacional”, idolatra o profissional de imprensa em 28 de fevereiro de 2011. Na ocasião, Cassiano completava 40 anos de lançamento do primeiro disco solo, o álbum "Imagem e Som" (RCA, 1971). O que me surpreendeu foi descobrir no texto que, exatamente hoje, por coincidência, este paraibano de Campina Grande – se vivo estiver – está comemorando 70 anos. Por esse motivo, agilizei o post pra homenageá-lo, e espero receber boas informações sobre ele nos comentários.

Influenciado pelo suingue da música negra norte-americana, notadamente a soul music e o rhythm and blues, Cassiano atraiu os holofotes sobre a sua arte a partir da música “Primavera”, propagada pelo amigo Tim Maia em 1970. Ele também é o autor de “Coleção” e “A Lua e Eu”, sucessos de seu terceiro álbum, "Cuban Soul - 18 Kilates" (Polydor, 1976), popularizados em novelas exibidas pela TV Globo. Contudo, o relativo sucesso comercial deste disco não impediu a implosão da carreira fonográfica do artista. Mauro Ferreira considera “inacreditável” que Cassiano tenha gravado apenas quatro álbuns naqueles 40 anos de carreira solo. Este “Cedo ou tarde”, o último, foi deixado como legado, no qual divide espaço com artistas de primeira grandeza, como Marisa Monte e Luiz Melodia, por exemplo. Para o crítico, Cassiano é um gênio, não deve permanecer esquecido, e merece ser reverenciado. Eu concordo com ele. Confira:

01 - Eu Amo Você
02 - Primavera (part. esp. Sandra de Sá)
03 - Salve Essa Flor (part. esp. Luiz Melodia)
04 - Bye Bye (part. esp. Karla Sabah)
05 - Rio Best-Seller
06 - Cedo ou Tarde (part. esp.Marisa Monte)
07 - Setembro
08 - Coleção (part. esp. Djavan)
09 - A Lua E Eu (part. esp. Claudio Zoli)
10 - Know-How (part. esp. Ed Motta)
11 - Intro III (Instrumental)


4 comentários:

  1. http://www40.zippyshare.com/v/17144308/file.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não consigo baixar mano pode me ajudar :?????? meu email é bateraclearb.l@icloud.com

      Excluir
  2. Sensacional, o melhor disco de Cassiano, vou atrás de comprar o original! Obrigado amigo.

    ResponderExcluir
  3. quero muito esse disco mano como faço???

    ResponderExcluir