Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Agostinho dos Santos: Mais boleros famosos (1963)

Agostinho dos Santos interpreta boleros em espanhol no disco de 1963
Hoje, como os amigos podem notar, a postagem é dupla em homenagem póstuma aos 40 anos da morte do cantor Agostinho dos Santos, falecido em 12 de julho de 1973 num trágico acidente aéreo nas imediações do Aeroporto de Orly, em Paris, na França. Selecionei, depois de postar as últimas gravações incluídas no álbum de 1973, este disco lançado 10 anos antes no Brasil e no exterior. Nele, um repertório somente de boleros, com interpretação em espanhol. Segundo texto assinado por Ricardo Macedo na contracapa, a ideia deste álbum nasceu de um pedido que a RGE brasileira recebeu da Venezuela.

“O nome de Agostinho dos Santos, que já brilhou em temporadas recentes em Portugal, na Venezuela, em outros países latino-americanos, e em novembro de 1962 no Carnegie Hall em Nova York, projeta-se ainda mais através deste lançamento. Inicialmente, a RGE pretendia lançar o LP apenas no exterior. Mas terminada a gravação, a impressão foi tão boa, que o Scatena houve por bem lançá-lo também no Brasil”, revela no texto. Ainda bem que o mercado nacional não ficou de fora, pois o disco é ótimo, e merece ser ouvido, mesmo depois de gravado há 50 anos. Confira:

01 - Solamente una vez
(Agustin Lara)
02 - Amor
(Gabriel Ruiz - López Mendez)
03 - Angelitos negros
(Manuel Alvarez Maciste - Andrés Eloy Blanco)
04 - Amor de mis amores
(Agustin Lara)
05 - Noche de luna
(Gonzalo Curiel)
06 - Calla tristesa
(Gonzalo Curiel)
07 - Mar
(Gabriel Ruiz - Ricardo Lópes Mendez)
08 - Recuerdos de ti
(Roque Carbajo)
09 - Lindissima
(Johnny Quirós)
10 - Campanitas de cristal
(Rafael Hernandes)
11 - Presentimiento
(Emilio Pacheco)
12 - Sueños de Paris
(Johnny Quirós)


4 comentários:

  1. http://www22.zippyshare.com/v/25725907/file.html

    ResponderExcluir
  2. Boa Noite
    chico muito Obrigado por ser este mais um em minha Discoteca,obrigado ,o blog está cada vez melhor. Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Sencillamente extraordinario. Felicitaciones y mil Gracias por tan valioso aporte.

    ResponderExcluir