Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Vários intérpretes - Jovem Guarda Instrumental

Coletânea reúne gravações instrumentais obscuras da Jovem Guarda
Hoje, 1º de maio, a Comunidade MC&JG, do Orkut, comemora seis anos de atividades ininterruptas. Trata-se de um marco e tanto entre as comunidades virtuais, marcadas por modismos e plenamente descartáveis na internet. O próprio Orkut está esquecido, com várias páginas e comunidades abandonadas, feitas cidades fantasmas. Não é o caso da MC&JG, fonte de algumas joias postadas aqui, e isso se deve principalmente ao incansável trabalho dos amigos RStone e Wilton, também apresentadores da webrádio Túnel do Tempo, nossa parceira de primeira hora. Estendo os meus parabéns a ambos e a todos comunitários participantes, como os amigos Aderaldo, Vlademir, Recruta, Miguel, Araújo, Manoel, Carlos e tantos outros, só pra citar alguns, sem esquecer o Djair (da Túnel do Tempo). Vida longa a MC&JG. Assim, pra comemorar o dia, ofereço a postagem de hoje a todos os amigos de lá.

Essa coletânea contempla instrumentais obscuros da Jovem Guarda. Mais da metade das músicas é conhecida de vocês porque foi extraída de discos postados aqui e no SanduícheMusical, meu blog anterior. O plano foi resgatar parte do material que tenho e adicionar faixas que baixei na rede ao longo dos anos de fontes diversas, daí a falta do crédito que costumo dar quando se trata de discos de terceiros. Procurei adicionar os nomes dos compositores, como é padrão aqui no SM, e só não consegui descobrir o autor de “Tabu”, música do álbum “Na crista da onda”, do grupo Os Espaciais, homônimo de uma banda contemporânea de Portugal. Agradeço se alguém puder informar e, quem sabe, até oferecê-lo para postagem no blog. Independente desse detalhe, o resultado é uma seleção interessante que certamente agradará os apreciadores do gênero. Confira:

01 - The Youngsters - Ajoen, ajoen
(D.P.)
02 - Os Tremendões - In the mood
(J. Garland - A. Rozaf)
03 - Os Falcões - Winchester catedral (A catedral)
(Tim Hardin)
04 - Los Tropicanos - As curvas da estrada de Santos
(Roberto Carlos – Erasmo Carlos)
05 - Mr. Lemke – Aqui
(Martinha)
06 - The Marginals - Cheveux longs et idées courtes (Cabelos longos, idéias curtas)
(Johnny Holliday - G. Thibaut)
07 - El-Son 7 - Eu te amo, te amo, te amo
(Roberto Carlos – Erasmo Carlos)
08 - Turma da Lenha - Washington Square
(B. Goldstein - David Shire)
09 - Os Curumins - Tema dos Curumins
(Herbel Rodrigues)
10 - The Strangers – Divagando
(Amaury)
11 - Beagá Bands - Lucy in the sky with diamonds
(Lennon - McCartney)
12 - The Loves – Você
(Renato Koiti Koga)
13 - Os Espaciais – Tabu
(Margarita Lecuona)
14 - Gato - Dor de cotovelo
(J. Provetti - E.P.Neto)
15 - Pop-5 - Mellow yellow (Caramelo)
(Donovan Leitch)
16 - Os Infernais de Marilia - Hang on sloop (Pobre menina)
(Russel – Farrell)
17 - Os Nucleares - Don't pity me
(Andrews)
18 - Oliveira e seus Black-Boys - My boy lollipop (Meu bem lollipop)
(Morris Levy - Johnny Roberts)
19 - Portinho - O canguru
 (Dori Edson – Marcos Roberto)
20 - Os Versáteis - Eu te darei o céu
(Roberto Carlos – Erasmo Carlos)

11 comentários:

  1. http://www72.zippyshare.com/v/86940005/file.html

    ResponderExcluir
  2. A música TABU é de autoria de Margarita Lecuona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pela informação. Já vou adicionar a informação no post. Abs.

      Excluir
  3. Belíssimo trabalho meu amigo, e obrigado por tudo isso, e por lembrar dos amigos da MC&JG. Realmente a comunidade é como se fosse uma família unida.
    Grande abraço, e já estou indo baixar essa relíquia
    Vlademir Ferreira

    ResponderExcluir
  4. Algumas informações para os amantes da ingênua e gostosa Música Popular Jovem Brasileira dos anos 60:
    Mr. Lemke - era o afamado orquestrador, Maestro Waldemiro Lemke.
    The Marginals - indicativo de que se trata de The Fevers, sob mais um pseudônimo.
    The Loves - acompanhou Reginaldo Rossi em seu 2º. LP ("Festa dos Pães", 1967), sob o nome The Lover's.
    Os Nucleares - conjunto de Ivanilton Lima, o "Baiano" (futuro Os Selvagens; futuro Michael Sullivan).
    Os Tremendões - trata-se do conjunto The Jungle Cats, sob pseudônimo.
    Abs a Todos.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo blog. Gostei bastante. Um excelente resgate da música jovem daqueles bons tempos. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado. Essa série tem mais dois volumes. Aproveite!

      Abs

      Excluir
  6. Vale a postagem. Os comentários são relíquias de memórias. TKS

    ResponderExcluir
  7. Boa noite,
    A faixa "In the Mood" não é dos Tremendões, como creditado.
    Na verdade, esta versão é do "The Rock Fingers", banda de BH, que está no album Hot line, lançado pela Bemol em 1968.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os Tremendões e The Rock Fingers são o mesmo grupo. A referida faixa foi originalmente lançada no LP “Super Jovem”, d’Os Tremendões, pela gravadora Paladium, de Belo Horizonte, sendo que posteriormente o álbum foi relançado pela Beverly, como The Rock Fingers, mantendo a mesma ordem das músicas. Veja e ouça o LP que postei em 2 de abril de 2012 no Sanduíche Musical, meu blog anterior:

      http://sanduichemusical.blogspot.com.br/search/label/Os%20Tremend%C3%B5es

      Excluir