Pesquisar este blog

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Chrystian - Made in USA (LP Young 1976)

Chrystian fez muito sucesso em carreira solo com gravações em inglês
Lembra-se da época em que brasileiros gravavam em inglês, e nós - pobres consumidores - comprávamos gato por lebre? É claro que a “farsa” da indústria fonográfica na primeira metade dos anos 1970 não durou muito tempo, mas foi suficiente pra mostrar que o Brasil nunca foi carente de grandes talentos. Um deles é Chrystian, da dupla sertaneja com o irmão Ralph, que ao longo de aproximadamente 10 anos gravou e fez sucesso com várias músicas em inglês. Um bom álbum é este de 1976, o “Made in USA”, gravado em Nashville, com músicos especialmente contratados junto aos estúdios da Odyssey Production. O disco, do selo Young (RGE/Fermata), inclui “You’re so tender” e “Secrets in your eyes”, última composição de Charles Chaplin, segundo destaque na capa. O repertório é essencialmente romântico, e se destaca pelos pop/rock “Fly” e “Windy tree”, nos quais mostra que o cantor está muito além da música sertaneja.

José Pereira da Silva Neto, seu nome de batismo, ou “Zezinho”, como era conhecido, começou a carreira ainda criança, com pouco mais de seis anos. Apresentava-se no “Clube do Anhanguera Mirim”, comandado por Magda Santos, em Goiânia, onde nasceu. Em menos de um ano, ganhou um programa só seu: o 'Pinguinho de Gente'. Nessa época, Chrystian ganhou seu primeiro prêmio: a gravação de um disco como o melhor cantor do Estado, mas o disco nunca saiu do papel. Ao perceber que Goiânia oferecia menos oportunidade de desenvolvimento profissional, a família muda-se para São Paulo. A sorte mudou a partir de 1973, quando gravou "Don't Say Goodbye", incluída na trilha da novela "Cavalo de aço", da Globo. No total, Chrystian gravou 14 temas de telenovelas, como  "Tears", "More than you know", "Everywhere", "Lies", "Emotions in my heart", "Shadows" e outras. No início dos anos 1980, passou a investir na carreira em dupla, obtendo sucesso ainda maior. Confira o disco:

01 - You're So Tender
(Clint Walker – Jan Willen) 
02 - See The Lonely People
(Baptist – Feiot)
03 - I Feel Love
(Charlie – John Burns)
04 - Fly   
(Steve MacLean – Bob Mckay)
05 - Magic Music
(Johnson – Allan Rogers)
06 - Place Of The Sun
(Chrystian – Jan Willen)
07 - Love's A Dream
(Paul Denvber – Neil Simon)
08 - Away From Me
(Johnson – Allan Rogers)
09 - Will You Love Me Tomorrow
(Gerry Goffin – Carole King)
10 - Secrets In Your Eyes
(Chaplin – Price)
11 - Silent Night
(Lee Oliver – Paul)
12 - Windy Tree
(Toto)

FICHA TÉCNICA

Produção – Hélio Eduardo C. T. Costa Manso
Arranjos e regência – Daniel Alberto Salinas
Engenheiro de som – Paul Whitehead
Bateria e percussão – Eddie Bayers
Baixo – Jack Jackson
Guitarra e violão – Paul Worley
Violão e guitarra – Pat Patrick
Piano, órgão, sintetizador, bells e glokespill - Dennis Burnside
Steel Guitar - Sonny Garrish
Vocals -  Thommy, Mary, Ginger, Rita e Sherry
Cordas lideradas por Sheldon Kurland
Metais – Doug Yoder e Don Sheffield - Piston
Billy Puett e Roger Bissell - Sax
Dennis Good e Gene Mullins – Trombone
Solos de flauta e sax-alto – Billy Puet
Confecção da capa – Mark Foto e Arte Ltda.

13 comentários:

  1. http://www45.zippyshare.com/v/9420221/file.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Novo link:

      http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/0273+-+CHRYST,855851445.rar(archive)

      Excluir
  2. Prezado Chico:
    Na realidade, o Chrystian chegou ainda a gravar sob o nome Zezinho, aos 11 - 12 anos, um Compacto Simples pela Continental, em 1968, com as faixas "TRENZINHO TRISTE" /
    "GAROTINHO MAU". Depois disso, formou dupla com o irmão ("Os Pássaros"), quando gravaram 2 Compactos Simples: um pelo selo Presidente (1969?) e outro pelo selo RCA Victor (1970). Mudaram o nome do duo para Charles & Ralf (desconheçemos gravações - se é que existem - desse período). Em meados dos anos 70, como cantor solo "estourou" em toda a América Latina, como Chrystian. E, após, a radicalização contra as músicas estrangeiras e o consequente esvaziamento da "onda" de se gravar em Inglês, Chrystian reaparece com o seu ex-companheiro de dupla - seu irmão Ralf (que também havia sido um "ghost singer, sob o nome "Don Elliott"), agora sob o nome Chrystian & Ralf. É isso aí.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado por acrescentar informações que desconhecia. A síntese acima foi extraída do site da dupla. Lá, a discografia do Chrystian é iniciada por "Don't say goodbye". É surpresa saber que gravou na Presidente, que tinha um programa na Rádio Marconi (SP) e tocava os discos do selo, como o primeiro do Roberto Leal. Lembro-me também da dupla Charles & Ralph na época em que interpretava "The lion sleeps tonight" no Programa Silvio Santos. Não sei se a dupla gravou com esse nome. Eu os vi duas ou três vezes em 1972 no prédio em que trabalhava na avenida Ipiranga, centro de São Paulo, pois no mesmo pavimento (11º andar) funcionava o escritório da gravadora Top Tape/Tapecar. O interessante é que nunca vi disco deles por esse selo.

      Excluir
  3. Lendo os comentários sobre Chrystian, quero informar que, SIM! Charles & Ralf gravaram sob esse nome. Há, pelo menos, um compacto de Charles & Ralf, selo "One-Way" (provavelmente, subsidiário da Top Tape / Tapecar) com as faixas "ROLL ON MAGIC DREAM" / "SWEET MARY", c/ data de 1971.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha só - que maravilha! - ficou a postagem, pois graças aos amigos Druca e "Raridiscos" acrescentamos informações que não constam nem no site oficial da dupla. Muito obrigado a ambos. Espero contar sempre com o conhecimento de vocês. Abs.

      Excluir
  4. Também fiquei curioso, pois não sabia que a dupla gravaram com outro nome. Será que alguém de vocês teriam esse compacto para disponibilizar aqui nesse blog.

    Abraços

    Vlademir Ferreira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vlademir

      Dê uma olhada no blog do "Tio Sam". Lá você encontrará os discos do "Zezinho" e de "Os Pássaros".

      http://arquivostiosam.blogspot.com.br/search/label/Chrystian

      Abs

      Excluir
    2. Obrigado pela dica Chico, vou até lá agora
      Abraço
      Vlademir

      Excluir
  5. Estimado Chico,
    quero agradecer-lhe muito
    por nos proporcionar tantas felicidades
    ao postar raridades
    que nos fazem retornar no tempo
    em que eramos felizes e não sabíamos!
    Muito obrigado amigo,
    e parabéns pelo excelente BLOG!
    Abração/Nelson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo comentário. É bom saber que as postagens lhe proporciona momentos de felicidade. Seja sempre bem-vindo! Outro abração pra você.

      Excluir
  6. Caro Chico:
    Tenho baixado alguns álbuns desse seu espaço e gostaria de lhe agradecer pelas pérolas aqui trazidas. Parabéns por ajudar na preservação da memória musical brasileira. Att. Flávio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavio

      Muito obrigado pelo comentário. Seja sempre bem-vindo. Abraços.

      Excluir