Pesquisar este blog

sexta-feira, 8 de março de 2013

Ovelha - Coisas do coração (LP Copacabana 1988)

Disco se destaca pelas regravações de hits do Raul Seixas, Ronnie Von e The Platters 
O pernambucano Ademir Rodrigues de Araujo, ou simplesmente Ovelha, apelido dado por Chacrinha, é um cantor que – talvez pelo repertório ou por preconceito dos meios de comunicação – não é devidamente valorizado, pois é dono de voz muito boa, capaz de passear confortavelmente por vários gêneros musicais. Este álbum, lançado em 1988 pela Copacabana, apresenta curiosidades que começam pelo título: “Coisas do coração” é uma regravação do sucesso de 1983 do Raul Seixas. A música que abre o disco - “Meu sonho não acabou” - é uma versão do clássico "The great pretender" (The Platters), que voltaria às paradas mundiais de sucesso em 1992 na voz do Freddie Mercury.

Sem negar sua influência pela música dos anos 1960, Ovelha também regrava “Meu bem”  (sucesso do Ronnie Von), “Querida” (hits do Moacyr Franco e Roberto Barreiros) e mais a versão de “A whiter shade of pale” (Procol Harum).  Neste disco, ainda canta composições do Michael Sullivan, Paulo Massadas, Carlos Colla, Gilson e outros. Ovelha é de Olinda e nasceu em 14 de abril de 1955, mas passou a infância em Recife e a adolescência em Caruaru, onde começou sua trajetória musical. Ele canta desde pequeno, mas como profissional é contabilizado a partir de 1973, quando foi descoberto por Luiz Gonzaga, o rei do baião, depois de participar de um show de calouros apresentado por este no centro da cidade. Acompanhava Luiz Gonzaga nessa empreitada a bandinha do "Camarão" que, após ver a performance do garoto no palco, o contratou.

 Depois disso, Ovelha não parou mais. Foi crooner de diversas bandas até conhecer o apresentador Chacrinha. O Velho Guerreiro lhe atribuiu o apelido devido sua pele ser branquinha e seus cabelos loiros e ondulados. Gravou o primeiro disco na Copacabana, um compacto simples com as músicas "Eu vou fazer a sua cabeça" e "Ao som do rock and roll" em 1980, mas o sucesso só viria no ano seguinte com "Te amo, que mais posso dizer?", uma versão para a canção de Bobby Vee, "More than I can say". Segundo dados do Wikipédia, fonte nem sempre confiável, Ovelha gravou 18 discos que somaram mais de quatro milhões de cópias vendidas, inclusive em outros países, mostrando que seu talento atravessou fronteiras. Confira:

01 - Meu sonho não acabou (The great pretender)
(Buck Ram - vs: J. Oliveira)
02 - A falta que você faz
(Chico Roque - Carlos Colla)
03 - Quando o amor se transforma em saudade (A whiter shade of pale)
(Keith Reid - Gary Brooker - Adap. J. Oliveira)
04 - Me dá uma chance
(Cesar Rossini - Gil Gerson)
05 - Meu bem (Girl)
(Lennon - McCartney - vs: Ronnie Von)
06 - Coisas do coração
(Raul Seixas - Claudio Roberto - Kika Seixas)
07 - Gosto de você na cama
(Carlos Colla - Gilson)
08 - Marcas no caminho
(Michael Sullivan)
09 - Querida (Honey)
(Bobby Russel - vs: Fred Jorge)
10 - Eu estou amando você
(Ovelha - Satch Persaud)
11 - Pra me fazer feliz
(Michael Sullivan - Paulo Massadas)
12 - Perdido na noite
(Ovelha - Kinka's Duck)

4 comentários:

  1. http://www68.zippyshare.com/v/9200346/file.html

    ResponderExcluir
  2. Valeu também curto ovelha, obrigado por compartilhar...
    Abraço, Marcos Rinaldi

    ResponderExcluir
  3. Novo link:

    http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/0213+-+OVLH,405277933.rar(archive)

    ResponderExcluir