Pesquisar este blog

domingo, 16 de dezembro de 2012

João Dias - Roberta (Single Odeon - 1964)

João Dias, de grande popularidade nos anos 1950, canta versões de "Roberta" e "Au revoir"
Dois grandes sucessos internacionais em 1964 no Brasil estão reunidos em versões para o português neste single do João Dias, lançado pela Odeon.  O lado A tem a música "Roberta", hit do italiano Peppino Di Capri, e no B a canção “Au revoir”, sucesso do francês Gilbert Becaud. O brasileiro não faz feio na comparação com os originais, pois foi considerado o herdeiro do Francisco Alves, o rei da voz, e de quem foi grande amigo. A voz, considerada similar ao do amigo, lhe outorgou o slogan de “Princípe da voz”.

João Dias (João Dias Rodrigues Filho) nasceu em Campinas (SP) em 12 de outubro de 1927 e faleceu no Rio de Janeiro em 27 de novembro de 1996. Iniciou carreira em 1948 na Rádio São Paulo. Gravou o primeiro disco em 1950 na Odeon e no ano seguinte alcançou grande sucesso com a gravação de "Sinos de Belém" e "Fim de ano". Em 1952 gravou na Odeon seu primeiro grande sucesso carnavalesco, "Grande Caruso", e em novembro do mesmo ano estreou na Rádio e TV Tupi, do Rio de Janeiro.  A partir daí fez outros sucessos e teve programa na Rádio Nacional de enorme popularidade.

Gravou na Copacabana e CBS, retornando em 1961 na Odeon. Viajou com Dalva de Oliveira por todo o país, depois de regravar o sucesso "Brasil". Foi o idealizador e responsável pela Lei de Direito Conexo, que, tendo sido aprovada e regulamentada em 1968, garante ao intérprete receber direitos pela execução posterior de suas gravações, o que anteriormente era restrito aos autores. Em 1975, lançou pela Odeon o LP comemorativo de seus 25 anos de carreira, com músicas de compositores atuais. No ano em que faleceu, 1996, dirigia a Socimpro - Sociedade Brasileira de Intérpretes e Produtores Fonográficos. Com 45 anos de carreira, gravou cerca de 320 músicas em 78 rpm, LPs e CDs. Confira o single:

01 – Roberta
..... (Naddeo – Lepore – VS: Romeo Nunes)
02 – Au revoir
..... (M.Vidalin – G.Bécaud – VS: Romeo Nunes


3 comentários:

  1. http://www.mediafire.com/?9n0mrq945u8jerc

    ResponderExcluir
  2. Talvez seja interessante comentar que, quando do seu surgimento no cenário artístico, João Dias foi considerado o herdeiro vocal de Francisco Alves "o Rei da Voz", pelo próprio Francisco Alves! dada a semelhança de seus registros vocais. Dois anos depois (27 set 1952) morria Francisco Alves em pavoroso acidente automobilístico na Via Dutra, João Dias - de certa forma - incorporou, pelo menos no sentimento popular, a continuação do tipo de voz de Francisco Alves. Não é à toa que a marcha "Brasil", um sucesso com o duo incidental Francisco Alves & Dalva de Oliveira (1939) foi regravada pela nova dupla incidental João Dias & Dalva de Oliveira (1961).

    ResponderExcluir
  3. Novo link:

    http://www.4shared.com/rar/jN__qPYE/0132_-_JD.html?

    ResponderExcluir