Pesquisar este blog

domingo, 23 de setembro de 2012

Blitz 2000 - Últimas Notícias (1999)

CD Últimas Notícias, do selo Panela Music, foi vendido em bancas com o jornal O Dia
Lembra-se da "Mariposa Apaixonada de Guadalupe", a noiva do Arlindo Orlando, o caminhoneiro da pequena e pacata cidade de Miracema do Norte? E daquele bordão "Ok, você venceu, batata frita", da música "Você não soube me amar"? Pois a "Mariposa" e o bordão voltaram em 1999 neste "Últimas Notícias", título do CD da banda Blitz, gravado pelo selo Panela Music e vendido em bancas com o jornal carioca O Dia. Na virada do século, a Blitz 2000 se revelou politicamente correta ao trocar a "nociva" e deliciosa batata frita pela batata doce na releitura do seu primeiro e estrondoso sucesso. Dessa vez, o hit se destaca pela participação especial da Baby do Brasil, a Baby Consuelo, nos vocais. Por sua vez, a Mariposa manda e-mail de Guadalupe pra contar na regravação de "Dois passos do paraíso" que casou, teve gêmeos, mas Arlindo Orlando continua de faróis baixos e pára-choque duro.

O disco, com 10 faixas, traz também as regravações de "Weekend" e "Babilonia maravilhosa", esta última do repertório solo do Evandro Mesquita, vocalista e líder do grupo. O resultado é um disco alegre, gostoso de ouvir, como os primeiros discos da banda no início dos anos 1980, quando surgiu no Circo Voador, vindo de shows improvisados em bares da zona sul. Ganhou fama em 1982 quando gravou o compacto  “Você não soube me amar”, que só tinha essa música. No lado B do disco uma voz repetia “nada, nada, nada”. Em três meses o compacto vendeu 100 mil cópias e aquela canção diferente, meio cantada, meio falada, cheia de swing, gírias e de alegria virou febre. Ainda em 1982 foi lançado o LP “As Aventuras da Blitz”, com uma venda ainda mais impressionante que a do compacto.

A Blitz não era exatamente uma banda de rock. Era inclassificável devido a sua origem, o grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone. De lá saiu Evandro Mesquita, o homem de frente do grupo, responsável por boa parte das letras deliciosamente coloquiais da banda. De lá saiu também Patrícia Travassos, que dirigiu os primeiros shows do grupo e imprimiu a eles a marca do espetáculo músico-teatral. Evandro não só cantava, mas também dialogava com as garotas do backing vocal, a cantora Márcia Bulcão e a amiga dela, a bailarina Fernanda Abreu. Na cozinha musical, jovens talentosos como Billy Forghieri (teclados, ex–Gang 90), Ricardo Barreto (guitarra), Antonio Pedro (baixo, ex-Mutantes) e Lobão (bateria) garantiam som de primeira.

Os anos de ouro do grupo vão de 1982 a 1986. Nesse espaço de tempo a Blitz lançou três discos, fez centenas de shows pelo país e pelo exterior, entre eles as antológicas apresentações no Rock in Rio I, e se dissolveu às vésperas da gravação do quatro LP. Voltou a se reunir e a se separar nos anos 1990. Hoje sobrevive numa espécie de underground luxuoso. A rapaziada se reúne quando pinta algum show ou programa de TV e prova que ainda tem um público cativo e que o repertório, mais de 20 anos depois, continua funcionando. Confira:

01 - De cabelo em pé
..... (Evandro Mesquita - Billy Forghieri)
02 - Eu e o lobo
..... (Billy Forghieri - Evandro Mesquita)
03 - Weekend
..... (Evandro Mesquita - Ricardo Barreto)
04 - Saquarema
..... (Evandro Mesquita - Lilian Zajdenwerg)
05 - Pipoca na memória
..... (Evandro Mesquita - Billy Forghieri)
06 - Xote de Copacabana
..... (José Gomes)
07 - Você não soube me amar - part. especial Baby do Brasil
..... (Evandro Mesquita - Barreto - Guto - Zeca Mendigo)
08 - Dois passos do paraíso
..... (Evandro Mesquita - Ricardo Barreto)
09 - Lágrimas no elevador
..... (Evandro Mesquita - Renato Garcia)
10 - Babilonia maravilhosa
..... (Evandro Mesquita - Paulo Henrique)

3 comentários:

  1. http://www.mediafire.com/?86c9hpylpi1y1qd

    ResponderExcluir
  2. Ótimo cd valeu pelo lançamento.

    ResponderExcluir
  3. Novo link:

    http://www.4shared.com/rar/NxnbdoNR/094_-_BLTZ.html?

    ResponderExcluir