Pesquisar este blog

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Grupo Mirage - No balanço do trem (1990)

Mirage foi um grupo vocal brasileiro surgido em 1990 na efervescência da Menudomania
Em meados dos anos 1980, o Brasil foi sacudido pelo sucesso do Menudo, grupo vocal de Porto Rico que gerou a chamada "Menudomania", atraindo multidão de crianças e adolescentes em suas apresentações. A partir daí, a indústria fonográfica explorou com toda força a personificação de garotos bonitinhos em afinados cantores e habilidosos dançarinos. Quem conseguiu chegar mais próximo do sucesso alcançado pelo Menudo foi o grupo Dominó, que emplacou hits como "Companheiro", "P da Vida", "Manequim" e "Com todos menos comigo". Outros grupos, como o Ciclone e Polegar, também obtiveram sucesso, assim como o  Tremendo, uma cópia argentina dos Menudos. Sim, nessa "onda" até os "hermanos" invadiram nossa praia musical.

Outros grupos também beberam na fonte da Menudomania, como o Mirage, lançado em 1990 pela gravadora Polydor, selo da Polygram (atual Universal). Era formado por Marcelo Lopes, Marcio Morcinek, Sergio Zukerman e Ubiracy Paraná do Brasil. Os garotos se diferenciavam dos demais pelo humor, improviso e teatralidade que imprimia em suas apresentações, assim como o João Penca e seus Miquinhos Amestrados. A semelhança para por aí porque o público alvo do Mirage era o mesmo do Menudo e afins. As letras das músicas refletem um pouco sobre a sexualidade dos adolescentes. Quer um exemplo? Neste único álbum do grupo encontramos até referências sobre a masturbação, como em Hot Love: "Sem essa de banheiro toda hora/ Revistinha tá por fora/ Gasto sola de sapato/ Acho tudo muito chato/ Só não acho um hot love pra comer".

A fome de amor dos garotos do Mirage é flagrante também em Gata de Veludo: "Você tem malícia/ Só que eu tenho mais/ Quanto mais carícia/ Mais sou duro, duro, duro". Na divertida No Balanço do Trem, a sexualidade prossegue: "Foi assim brincando de trenzinho/ Ela quis, eu fui devagarinho/ Eu não fui na frente/ Eu só fui atrás". E assim, na brincadeirinha, o repertório contempla até um Beijo Exagerado, obscura música composta pelos "mutantes" Rita Lee, Arnaldo e Sérgio Baptista: "Estava passeando e mascando chiclete/ Quando eu vi na minha frente uma perna irreconhecível/ Eu vi também os olhos de raro esplendor/ Que dizia venha logo e me beije meu amor/ Ié, ié, ié, ié/ Que beijo muito louco, eu desbundei". Enfim, o disco do Mirage é pura diversão, assim como um filme de cowboy estrelado por John Wayne, homenageado em "Velho John". Confira:

01 - Velho John
..... (Paulo Debétio - Lincoln Olivetti - Robson Jorge)
02 - Senti ciumes (Good thing)
..... (Steele - Gift - vs: Tavinho Paes)
03 - Hot love
..... (Paulo Debétio - Paulinho Rezende)
04 - Gata de veludo
..... (Julio Trindade)
05 - O amor dos meus sonhos (Listen people)
..... (Graham Gouldman - vs: Tavinho Paes)
06 - No balanço do trem
..... (Julio Trindade)
07 - Beijo exagerado
..... (Arnaldo Baptista - Rita Lee - Sérgio Baptista)
08 - Brinquedo de mim (You've really got a rold on me)
..... (William Smokey Robinson - vs: Julio Trindade)
09 - Lindo, lindo, lindo...
..... (Paulo Debétio - Paulinho Rezende - Julinho Teixeira)
10 - Ah! Amor
..... (Paulo Debétio - Julinho Teixeira)

FICHA TÉCNICA

Direção artística - Mayrton Bahia
Direção de produção - Paulo Debétio
Produção - Julinho Teixeira e Paulo Debétio
Técnicos de gravação - Márcio Gama e Luiz Claudio Coutinho
Auxiliares de estúdio - João Carlos, Jorge e Marcos Vicente
Mixagem digital - Márcio Gama
Masterização e montagem digital - Antonio Barrozo
Corte - José Antonio
Supervisão técnica - Paulo Succar
Coordenação gráfica - Arthur Fróes
Fotos - Lívio Campos
Arte - Ayssa Bastos
Gravado e mixado nos estúdios da Polygram (RJ)
Arranjos, regências e teclados - Julinho Teixeira
Programação eletrônica - Renato Ladeira e Roberto Ly
Guitarras - Julinho Maia, Cecelo e Beto
Sax - Beto Saroldi
Gaita - Renato Ladeira
Vocal - Caio Flávio e Ringo

Nas músicas "Beijo exagerado" e "O amor dos meus sonhos":
Arranjo, programação e guitarra - Torcuato Mariano
Baixo - Arthur Maia
Sax - Leo Gandelman

9 comentários:

  1. http://www.mediafire.com/?h1m04muoj94k437

    ResponderExcluir
  2. Amigão: você tem o LP Banda Contrabanda (de 1986)? - inclusive tem uma banda homônima - acredito eu - chamada Mirage. A capa e informações sobre o disco estão no link abaixo.

    http://tiendacafeconche.blogspot.com.br/2009/03/lp-banda-contrabanda-1986-polyfar.html

    Um abraço.
    Élcio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Élcio

      Aguarde, meu amigo. Em breve o disco será postado pra você.

      Abraços

      Excluir
  3. Legal! Estou aguardando.
    Muito obrigado.
    Élcio

    ResponderExcluir
  4. CHICO É UMA GRANDE SURPRESA , DEPOIS DE DE 20 ANOS ACHAR UMA MATÉRIA ASSIM DO MEU TRABALHO, FANTÁSTICO !!! OBRIGADO !!!
    MARCIO MORCINEK, FUI INTEGRANTE DO GRUPO MIRAGE !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcio

      A surpresa é minha. Nem imaginei que um dia a página seria acessada por um dos integrantes do grupo. Parece que foi ontem, mas já se passaram 22 anos desde o lançamento do álbum que permanece contemporâneo. Muito obrigado pelo seu comentário. Abraços.

      Excluir
  5. Novo link:

    http://www.4shared.com/rar/6YFqldS9/069_-_MIRAG.html?

    ResponderExcluir
  6. Novo link:

    http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/069+-+MIRAG,899226238.rar(archive)

    ResponderExcluir
  7. Muito legal esse material do MIRAGE
    Faz tempo que estou a procura e vou continua procurando...
    Pq vc não coloca ele no 4shared?
    Esse minhateca é muito ruim, e utiliza o celular, e deve ser como os outros, vc perde todos seus creditos... e fica sem downlond!
    colo no sate gratuito!

    ResponderExcluir