Pesquisar este blog

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Bob McKay - At night time (1977)

"Travessia" e "Aquarela do Brasil", ambas em inglês, estão no repertório do Bob McKay
Bob McKay é mais um cantor sobre o qual nada posso informar. Tudo indica que seja brasileiro. Será excelente se alguém puder acrescentar informações sobre o artista no espaço reservado para comentários. Este disco traz 18 faixas, entre as quais dois clássicos da MPB - "Travessia" e "Aquarela do Brasil" - em inglês. O disco também inclui clássicos do cancioneiro internacional, como "Fascination", "I left my heart in San Francisco", "Honey come back", "Stardust" e outros. Uma curiosidade é a inclusão de "Fernando", grande sucesso de 1976 do grupo vocal Abba, no repertório. O que me chamou a atenção é a forma, com jeito de crooner de orquestra, de o Bob McKay interpretar as canções. Confira:

01 - Bridges (Travessia)
..... (Milton Nascimento - Brant - Lees)
02 - Fascination
..... (Manning - Marchetti)
03 - Tea for two
..... (Youmans - Caesar)
04 - Fernando
..... (Anderson - Anderson - Ulvaeus)
05 - Brazil (Aquarela do Brasil)
..... (Ary Barroso - Russell)
06 - As time goes by
..... (Hupfeld)
07 - Autumn in New York
..... (Duke)
08 - Honey come back
..... (Webb)
09 - Alexander´s ragtime band
..... (Berlin)
10 - The old fashioned way
..... (Aznavour - Garvarentz - Karla Hirshhorn)
11 - I left my heart in San Francisco
..... (Cory - Cross)
12 - Stardust
..... (Parish - Carmichael)
13 - Manhattan
..... (Rodgers - Hart)
14 - Sing
..... (Raposo)
15 - Mathilda
..... (Thomas)
16 - Symphony
..... (Alstone - Tabet - Bernstein)
17 - The girl from south zone (Balanço zona sul)
..... (Madi - McKay - Gordon)
18 - Pick yourself up
..... (Kern - Fields)

Produção: Bob McKay
Coordenação musical: Pedro Romero Neto

17 comentários:

  1. http://www.mediafire.com/?8pc2u81ize4l8o9

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele cantou algumas músicas no programa "Inglês com Música" da TV Cultura no final dos anos 70 e início dos anos 80, e as reprises deste programa podem ser vistas atualmente no canal 6.3 da Multicultura duas vezes por dia de segunda a sexta nos horários das 10:30hs e das 16hs. Numa de suas apresentações neste programa ele distribuiu fitas cassetes e um disco long play da gravadora "RGE Fermato" intitulado "Bob Mckay and the love sounds - O balanço das Décadas" para os alunos do Instituto Coração de Jesus da cidade de Santo André.

      Excluir
  2. Existe um compacto desse cantor cantando músicas do Roberto Carlos em inglês, se não me engano "Eu te darei o céu" pela Mocambo, de 67. Você tem esse compacto? Obrigado por postar esse disco que é muito bacana. valeu.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Chico, tudo bem?
    Eu li em algum lugar, que o Bob McKay é natural se não estou enganado, da Guiana Inglesa e ele era crooner de orquestras das noites paulistanas.
    Por coincidência, tenho também esse LP.
    Um abraço!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manoel

      Muito obrigado por informar. É bem provável que seja mesmo da Guiana Britânica, assim como o Cy Manifold e Dave Gordon/King Gordon. Valeu!!!

      Abração

      Excluir
  4. Olá pessoal, olá Chico, olá Manoel. Muito legal este espaço, um Blog bem feito. Faço questão de deixar meu comentário. Meu pai era o cantor Cy Manifold,( http://www.youtube.com/watch?v=mU1Z8mDybtc ) um dos solistas do grupo 'The Four Lords' que chegou em 1958 da então, Guyana Inglesa, hoje República Federativa da Guyana. Tornou-se país e é independente desde os anos 70. O grupo teve fim entre os anos 1961(62) quando Cada um resolveu seguir seu rumo, sua carreira solo. Por volta deste período chegou então ao Brasil Bob Mackay, tambem da Guyana. Ele,bem como os ex-intergrantes do Four Lords: Dave Gordon, Reginald Simpson (Maestro violonita), ficaram em S. Paulo. Meu pai, Athye Bell Pianista e Johnny Bradford, optaram pelo Rio. Mais tarde, Simpson, o maestro, foi para Santos e Billy Moore, lider do grupo, retornou a Guyana. Todos excelentes artistas, de talento marcante, cada um dos quais com mais de uma vocação. Cantavam, compunham, dançavam, tocavam diversos instrumentos,etc..etc..., etc... junto a eles chegou tambem a Stell Band Calypso, composta de cantores, bailarinos e tocadores de tambores de gasolina que impressionantemente reproduziam desde o classico, ao pop com maestria. Pode-se imaginar o sucesso que fizeram viajando o Brasil do Norte ao Súl. Hoje (2013) só o cantor Dave Gordon,um dos fundadores do grupo, com Billy, se encontra entre nós e reside em São Paulo. Os outros integrantes, inclusive meu pai Cy Manifold (2008), assim como Bob Mackey (decada de 70) 'partiram', mas estão na memória de todos que os viram em atividade, INESQUECÍVEIS. Hoje dou continuidade ao belo trabalho de meu pai, sou cantor, tambem componho, toco violão, flauta, faço o 'tap dance' (sapateado norte americano)que apresento em meus shows e tento modestamente representar este maravilhoso grupo que pulsava talento e alegria. Apresnto desde os calipsos como: 'The Banana Boat Song' e 'Matilda' de Harry Belafonte até Nat K. Cole, Louis Armstrong e muitos outros... da época. Meu show é o: "Remember - Relembrando canções inesquecíveis". Moro no Rio e recentemente minha esposa terminou de escrever um livro contando este belo trecho da história de um grupo de estrangeiros, (Tendo foco na história de Cy Manifold, meu pai) que escolheram o Brasil para difundir seu talento resgatando um momento fértil e plura de nosso país...PS: O livro busca patrocínio, se tiverem algum contato é muito bem vindo, basta deixar recado para o número 8747-7339 (Rio). Aquele foi mesmo um brilhante período, basta dizer que no Brasil a partir daí surgiram a: 'Bossa Nova' a 'Jovem Guarda' e pouco mais tarde a 'Tropicália', houve um ligação direta bem como uma maravilhosa fusão com o internacional bem aqui, diante de nossos olhos... E todos tiraram proveito, o Brasil soube se desenvolver artisticamente, criou seu jeito, seu estilo sua personalidade musical, embora ainda haveria muito a ser dito, desenvolvido.. Tudo de bom a todos sempre. Muito grato pelo destaque dado a Bob Mackey, Dave Gordon, meu pai Cy Manifold bem como a todos estes marcantes artistas, pois alem de meu pai, os tenho como queridos tios, dos quais herdei meu trabalho e talento, gosto que seja assim. Quando possível assistam-me interpretando: 'Nat King Cole' ou 'Louis Armstrong' no 'You Tube',ou em um de meus vídeos. Muito agradecido. PS: Estamos no Face. Dover Manifold.

    ResponderExcluir
  5. Desculpem-me o texto extenso mas é longa a história...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa... Muito obrigado pelo comentário. Tenho certeza que o "texto extenso" a que se refere será de grande valia para quem buscar informações sobre os artistas citados.
      Seria excelente se você pudesse disponibilizar no blog as gravações do seu pai para a montagem de uma antologia. Acho que muita gente gostaria de conhecer a discografia do Cy Manifold. Abs.

      Excluir
    2. Olá Chico,como está? Quero mais uma vez agradecer-lhe. Eu tenho sim alguma coisa de meu pai. Verei se consigo fazer um resumo, tipo uma breve coletanea de gravações de diversas fases. Por eu ser praticamente um 'semi-analfabeto-virtual', precisarei por aqui da ajuda de pessoas com tempo e paciencia para me ajudar, por isso talvez leve algum tempo mas verei se consigo algumas gravações e postarei aqui com imenso prazer. Grande abraço.

      Excluir
    3. Estou bem, muito obrigado, e espero que esteja nessa mesma sintonia. Não há nada a agradecer. Será ótimo se puder disponibilizar algumas gravações do Cy Manifold. Eu só tenho duas gravações ( The loco-motion e Speedy Gonzales), gravadas em 1962, que eu comprei de um colecionador. Será ótimo se pudermos homenagear o seu pai com uma antologia contendo suas principais gravações. É uma forma de resgatá-lo para que as novas gerações possam conhecê-lo. Quando puder, envie o material com fotos dele em boa resolução para que eu possa elaborar a capa e contracapa do CD, como é hábito do blog. Agradeço desde já pela sua gentil atenção. Abração.

      Excluir
  6. Novo link:

    http://www.4shared.com/rar/icfJE_qc/061_-_BMCKAY.html?

    ResponderExcluir
  7. Olá a todos,

    Um pouco mais sobre Bob McKay nesse vídeo, a partir de 8:30: https://www.youtube.com/watch?v=SUpwwk923vI

    ResponderExcluir
  8. Novo link:

    http://minhateca.com.br/sintoniamusikal/061+-+BMCKAY,898168776.rar(archive)

    ResponderExcluir
  9. Conheci o senhor Bob Mckay no começo da década de 80, faleceu em 1987 na cidade de São Paulo, ele morava com a família na Rua Guaipá 448, na vila Leopoldina na mesma cidade, nessa época ele cantava no Hotel Maksoud Plaza, vi ele poucas vezes, ele tinha três filhos, duas moças e um rapaz, fui amigo e namoradinho da filha mais nova de Bob, ela se chamava Anne, como sou músico toco violão desde garoto e sou fã do Elvis tinha muito interesse por esse universo musical, e tinha muita admiração pelo artista Bob Mckey, que cantava musicas do estilo Elvis e muita coisa que eu curtia, me lembro de ficar escutando justamente esse disco que ilustra a matéria deste Blog no apartamento de Bob Mckey junto de sua filha Anne, que hoje também infelizmente já não esta entre nós.

    ResponderExcluir
  10. Pelo que vi na internet ele cantou com também com o pseudônimo de Napoleon, a música "The funiest Joke", não sei se procede a informação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem possível que seja ele. Napoleon fez sucesso com "Cathy I love you". Abs.

      Excluir
  11. Eu tinha um compacto dos anos 60 da Mocambo com versões em inglês de músicas da Jovem Guarda com esse cantor mas acabou sumindo. Espero que apareça por aqui pois seria interessante pra coleção da Jovem Guarda dos seguidores do blog.Valeu.

    ResponderExcluir