Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Metrô - Olhar (Tudo pode mudar) - (1985)

Álbum lançado pela Sony Music em 1985 inclui grandes sucessos do grupo 
Reparei que, nos últimos dias, começou a aumentar a demanda pelo CD 'Déjà Vu', lançado pelo grupo Metrô em 2002 e postado no blog em outubro de 2012. Não foi preciso pesquisar muito pra descobrir o motivo: a banda, que fez imenso sucesso nos anos 1980, está anunciando sua volta, após 30 anos de afastamento do show business, em sua formação original, com Virginie, Alec Haiat, Yann Lao, Zavie Leblanc e Dany Roland. A banda alcançou as paradas de sucesso com os hits “Beat Acelerado”, “Olhar”, " Johnny Love ", “Tudo Pode Mudar”, "Sândalo de Dandi" e “Ti Ti Ti”, que foi tema de abertura de novela global. Pra relembrar os bons momentos do grupo, vou postar este “Olhar”, LP lançado em 1985 e relançado em CD nos anos 1990. Confira:

01 – Olhar
(Vicente França – Yann)
02 - Cenas obscenas
(Yann – Alec – Leo Jaime – Leoni – Metrô)
03 - Johnny Love
(Alec – Yann – Joe)
04 - Sândalo de dândi
(Alec – Yann – Tavinho Paes)
05 – Melodix
(Alec – Metrô)
06 - Beat acelerado (versão II)
(Yann – Vicente França – Alec)
07 - Tudo pode mudar
(Joe – Ronbaldo Santhos)
08 - Hawaii-Bombay
(J.M. Cano – Adapt. Fernando Naporano)
09 – Solução
(Alec – Wagner Gomes – Metrô)
10 – Stabilo
(Alec – Angelo Palumbo)
11 - Que loucura!
(Alec – Yann – Zavier)
12 – Ti ti ti
(Rita Lee – Roberto de Carvalho)


sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Ruy Maurity - Nem pra piscar (CS sem data)

 Músicas foram compostas pelo Ruy Maurity em parceria com José Jorge
Eis um raro compacto simples do cantor e compositor Ruy Maurity, que já tem sinopse da carreira divulgada no blog. O disco, fabricado pelas Gravações Elétricas, não informa o ano do lançamento, e também desconheço o nome da gravadora responsável pela produção. Repare que o logotipo no rótulo é de difícil leitura. É possível saber que a produção fonográfica é assinada por Antonio Adolfo Produções Musicais. O single traz as músicas “Zé menino” e “Nem pra piscar”, ambas compostas pelo próprio Maurity em parceria com José Jorge. Confira:

01 - Zé Menino
(Letra do refrão colhida por Leonardo Mota)
(Ruy Maurity – José Jorge)
02 - Nem pra piscar
(Ruy Maurity – José Jorge)



quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Vários artistas - Outros cantam Paulo Diniz (2013)

 Seleção traz músicas do Paulo Diniz, mas sob a ótica de outros intérpretes
Veja só que coletânea interessante: 22 faixas do repertório do Paulo Diniz, mas interpretadas e executadas por outros artistas. Agradeço ao amigo Aderaldo pela seleção e ao Carlos pela arte gráfica, que a criou em 2013 para os membros da Comunidade MC&JG, do Orkut, e atualmente na VK. O nosso colaborador também me enviou uma seleção com o próprio Paulo Diniz, e vou postá-la nas próximas semanas. Um dos destaques desta coletânea é “José”, um dos poemas mais famosos do Carlos Drummond de Andrade e musicado pelo próprio Diniz, na interpretação do desconhecido Mauro Diniz. O repertório inclui artistas como Emilio Santiago, Wanderléa, Kid Abelha, Doris Monteiro, Os Carbonos, Nilton Cesar e outros. Confira:

01 – Nilton César – Quero voltar pra Bahia
02 – Mauro Diniz – José
03 – Doris Monteiro – Brasil, brasa, braseiro
04 – Os Carbonos – Seria bom
05 – Marcelo Barra – Viola no paletó
06 – Kid Abelha – Pingos de amor
07 – Sérgio Murilo – As estradas
08 – Os Panteras – O chorão
09 – Wanderléa – Poema para Léa
10 – Fernando Mendes – O meu amor chorou
11 – Emilio Santiago – Um chope pra distrair
12 – The Fevers – O telegrama
13 – Elson – Janira
14 – Falcão – Severina Cooper
15 – Luiz Vagner – Como
16 – Os Caretas – Pot-pourri
17 – Pintura FrescaQuiero volver a Bahia
18 – Sérgio Murilo Solitario y vagabundo
19 – Dave Gordon I want to go back to Bahia
20 – Os Carbonos It would be so nice
21 – Lafayette – Um chope pra distrair
22 – Milton Banana Trio – Quero voltar pra Bahia

Colaboração: Aderaldo, com arte gráfica do Carlos, da Comunidade MC&JG



quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Vários artistas - Som de valente - Raridades (1985)

 Álbum lançado em 1985 sob licença da EMI-Odeon teve tiragem limitada
É bom esclarecer que a capa deste "Som de Valente - Raridades", LP lançado em 1985 pelo Acervo - Comercial e Fonográfica, sob licença da EMI-Odeon, é exatamente a que se vê na ilustração acima. Guardadas as devidas proporções e o tipo de papel, é similar ao invólucro de um compacto simples, com vazamento central redondo que permite a visão das etiquetas em cada lado do disco. A capa informa que se trata de edição limitada, mas não sei informar qual foi a tiragem. Os discos do Som de Valente privilegiam mais o samba rock, e este álbum não é exceção. Aqui tem Doris Monteiro, Golden Boys, Tony Tornado, Abílio Manoel, Silvio Cesar e outros, mas algumas faixas fogem à regra, como "Meu bem lollipop" (Trio Esperança) e "O mundo a seus pés" (Eduardo Araújo). Confira:

01 - Zé Rodrix - Xamego da nega
(Rodrix)
02 - Aniceto do Império - Dora
(Aniceto do Império)
03 - Som Três - Eu só posso assim
(Pingalho - Marcos Vasconcellos)
04 - Abílio Manoel - Luiza Manequim
(Abílio Manoel)
05 - Tony Tornado - Eu disse amém
(Getúlio Cortes)
06 - Golden Boys - Se você quiser mas sem bronquear
(Jorge Ben)
07 - Doris Monteiro - É isso aí
(Sidney Miller)
08 - Wilson Simonal - Medley - 
Cuidado cantor
(Ary Monteiro - Raymundo Evangelista) 
Passarinho
(Chico Feitosa - Luiz Fernando Freire)
Nêga 
(Waldemar Gomes - Afonso Teixeira)
Não ponha a mão
(Mutt - Arno Canegal - Bucy)
Já vae!
Rubens Campos Duba)
Na onda do berimbau
(Oswaldo Nunes)
09 - Eduardo Araújo - Deixa de banca (Les cornichons)
(Nino Ferrer - J.Booker - vs: Eduardo Araújo)
10 - Silvio Cesar - Beco sem saída
(Silvio Cesar)
11 - Dona Ivone Lara - Tiê
(Lara - Hélio Fuleiro)
12 - Eduardo Araújo - O mundo a teus pés
(Eduardo Araújo - Carlos Imperial)
13 - Doris Monteiro - Alô fevereiro
(Sidney Miller)
14 - Trio Esperança - Meu bem lollipop (My boy lollipop)
(Morris Levy - vs: Gerson Gonçalves)




terça-feira, 25 de agosto de 2015

Adilson Ramos - Mundo dos sonhos (EP 1979)

 Compacto duplo lançado pela Chantecler traz duas composições do cantor
Os fãs do Adilson Ramos vão gostar dessa postagem. Trata-se do EP que o cantor e compositor lançou em 1979 pela Chantecler. A possibilidade de postá-lo deve-se ao Erick, a quem agradeço pela colaboração. O destaque do disco é a faixa “Meu segredo”, única versão do EP, que ainda traz duas composições do artista em parceria com Calazans e Hermê José. Apesar de veterano, são poucas as informações na internet sobre sua carreira, iniciada em 1960, aos 15 anos, com o grupo Os Cometas, que fez sucesso com a música Olga. Adilson Ramos de Ataíde, seu nome de batismo, nasceu no Rio de Janeiro em 7 de abril de 1945, e obteve notoriedade em 1963 após seguir carreira solo e gravar “Sonhar contigo”, do próprio cantor em parceria com Armelindo Leandro. Atualmente mora em Recife e está em plena atividade. Confira:

01 – Meu segredo (The secret)
(Joe Lubin – I.J.Roth – vs: D.Cid Cesar)
02 – Mundo dos sonhos
(Adilson Ramos – Calazans – Hermê José)
03 – Se eu pudesse
(Waldir Machado)
04 – O sol
(Adilson Ramos – Calazans – Hermê José)

Colaboração: Erick




domingo, 23 de agosto de 2015

Rita Pavone - No solo nostalgia (CD 1995)

 CD gravado na Espanha inclui sete faixas em italiano e duas em espanhol
Depois de comemorar os 50 anos da Jovem Guarda, de lembrar os 60 anos sem a Carmen Miranda, agora é vez de festejar os 70 anos da Rita Pavone, completados hoje, 23 de agosto. Pra homenageá-la, vou postar este “No solo nostalgia”, CD gravado na Espanha em janeiro de 1995, quando também gravou o CD “Dance”, já postado no blog. O disco contém apenas nove faixas, que são regravações de seus antigos hits, sete no original italiano e dois – “Fortisimo” e “Ay, muchacho” - em espanhol. A seleção inclui "La partita di pallone", música do primeiro disco, um compacto simples gravado em setembro de 1962, após vencer um festival italiano de novos talentos e ser contratada pela RCA Victor. Confira:

01 - La partita di pallone
(Rossini - Vianelo)
02 - Cuore
(Rossi - Mann - Weil)
03 - Che me importa del mondo
(Migliacci - Enriquez - Matinez)
04 - Fortisimo (Versão em espanhol)
(Wertmüller - Canfora)
05 - Ay, muchacho (Versão em espanhol)
(Migliacci - Napolitano - Baltasar - Amart)
06 - Stai attenta a ciao che fai
(R. Pavone - Plumo)
07 - Come te non ce nessuno
(Migliacci - Vasallo - Polito)
08 - Lui
(Migliacci - Enriquez - Zambrini)
09 - Viva la papa col pomodoro
(Nino Rota - Wertmüller)





sábado, 22 de agosto de 2015

Os convidados cantam e tocam na festa de arromba

 Coletânea traz gravações dos 23 artistas citados na música Festa de Arromba
 Música gravada pelo tremendão Erasmo Carlos foi lançada em abril de 1965
Encerro, com esta postagem, a homenagem no blog pelos 50 anos da Jovem Guarda, comemorados hoje, 22 de agosto de 2015. Foi nesse dia, em 1965, às 16h30, que a TV Record exibiu o primeiro programa Jovem Guarda, apresentado pelo Roberto Carlos. Segundo o Almanaque da Jovem Guarda, a estreia contou com as participações do Erasmo Carlos, Wanderléa, Os Incríveis, Tony Campello, Rosemary, Ronnie Cord, The Jet Blacks e Prini Lorez. Pra fechar as comemorações, achei interessante montar esta coletânea, formada apenas pelos 23 artistas nominalmente citados na música "Festa de Arromba", gravada pelo Tremendão e lançada em compacto simples pela RGE em abril de 1965, quatro meses antes do programa. O repertório, que inclui o Erasmo Carlos - afinal, é ele quem relata os acontecimentos na festa - privilegiou gravações menos conhecidas, e até o áudio do inusitado vídeo (aqui) da Rosemary - que renega o passado na Jovem Guarda - cantando “Banho de lua”, hit da Celly Campello. Confira:

01 - Erasmo Carlos - O homem da motocicleta (Motorcycle man)
02 - Ronnie Cord - Viva Las Vegas
03 - Prini Lorez - Walk right in
04 - Meire Pavão - Papai Walt Disney
05 - Wanderléa - Sentado à beira do caminho
06 - Cleide Alves - Eu faço parte de você (Que foi amor)
07 - Renato e Seus Blue Caps - Estranho
08 - The Clevers (Os Incríveis) - Anel de diamante
09 - The Jet Black's - Guitar twist
10 - The Bells - Hully gully Bells
11 - Rosemary - Banho de lua (ao vivo)
12 - Roberto Carlos - Oração de um triste
13 - Tony Campello - Livro do coração
14 - Demétrius - Dia dez
15 - Sérgio Murilo - Um garoto como eu (Un muchacho como yo)
16 - José Ricardo - Somente uma saudade
17 - Ed Wilson - Vou partir (A fool such as I) (Now and then there's)
18 - The Jordans - Wooly Bully
19 - Golden Boys - Eu esperarei (I will)
20 - Trio Esperança - Nasci tarde
21 - Rossini Pinto - Ford de bigode
22 - Wilson Simonal - Garota legal (You must have been a beautiful baby)
23 - Jorge Ben - Si manda
24 - Jair Rodrigues - Onda jovem
25 - Erasmo Carlos - Festa de arromba




Festa de arromba - 30 anos da Jovem Guarda (1995)

 Sérgio Lee, Veludo Cotelê, Cleide Regina e The Jet Blacks estão no CD 
Em 1995, ano em que a Jovem Guarda comemorou 30 anos, a Brasidisc lembrou do fato e lançou este CD em homenagem ao movimento. Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Martinha e provavelmente a Wanderléa aparecem em caricatura na capa deste tributo. O repertório traz grandes sucessos do movimento, mas interpretados pelo Veludo Cotelê, Cleide Regina e Sérgio Lee, já conhecido no blog por ter um LP postado aqui, além do grupo The Jet Blacks com regravações de “Tema para jovens enamorados” (Theme from Young lovers) e Telstar. Confira:

01 - Veludo Cotelê - Quero que vá tudo pro inferno
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
02 - Veludo Cotelê - Namoradinha de um amigo meu
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
03 - Cleide Regina - Eu te amo mesmo assim
(Martinha)
04 - Sérgio Lee - Bata baby (Long Tall Sally)
(Johnson - T. Chaves)
05 - Veludo Cotelê - Pare o casamento (Stop the wedding)
(Resnick - Young - vs: Luiz Keller)
06 - Sérgio Lee - Donna
(R. Valens - vs: Sérgio Lee)
07 - Cleide Regina - Sou louca por você
(Elizabeth)
08 - Veludo Cotelê - Eu te darei o céu
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
09 - Sérgio Lee - Corinna... Corinna
(Paris H.J.Fernandes - vs: Sérgio Lee)
10 - Cleide Regina - Pra nunca mais chorar
(Carlos Imperial - Eduardo Araújo)
11  - Veludo Cotelê - A namorada que sonhei
(Osmar Navarro)
12 - Sérgio Lee - Pingos d'água (Raindrops)
(Dee Clarck - Nick Savoia - vs: Sérgio Lee)
13 - The Jet Blacks - Theme from young lovers
(Bruce Welck)
14 - The Jet Blacks - Telstar
(Joe Meek)


FICHA TÉCNICA

Produtor fonográfico - Zan comunicação e Produção Artística
Direção geral - Osmar Za, José Hélio Naretto
Assessoria musical - Geraldo Nunes da Silva
Coordenação - Marcelo Zan
Capa e fotolito - Biograph Produções
Ilustração, criação e arte - Portinari & Zé Rodrigues

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Jovem Guarda interpreta Velha Guarda - Volume II

 Roberto Carlos, Erasmo, Wanderléa, Ronnie Von e outros estão na coletânea
O segundo – e último, pelo menos por enquanto – volume da coletânea Jovem Guarda interpreta Velha Guarda é formada praticamente por clássicos da MPB. Destaque para o excelente registro do Erasmo Carlos para “Aquarela do Brasil”, incluída na trilha sonora do filme “Roberto Carlos e o diamante cor de rosa”, assim como para a Martinha em “Sebastiana da Silva”, gravada originalmente pela Dalva de Oliveira. A seleção também inclui quatro músicas do repertório do rei do baião Luiz Gonzaga: “Qui nem jiló” (Trio Esperança), “O xote das meninas” (José Roberto), “Paraíba” (Silvinha) e “Juazeiro” (Gilberto Lima). A coletânea ainda traz Roberto Carlos, Wanderléa, Ronnie Von, Márcio Greyck, Wanderley Cardoso e outros. Confira:

01 - Erasmo Carlos - Aquarela do Brasil
02 - Roberto Carlos - Ai que saudades da Amélia
03 - Wanderléa - Chiclete com banana - Adeus América - Eu quero um samba
04 - Márcio Greyck - Prelúdio pra ninar gente grande
05 - Trio Esperança - Qui nem jiló
06 - José Roberto - O xote das meninas
07 - Os Incríveis - Caminhemos
08 - Eduardo Araujo - Ave Maria no morro
09 - Silvinha - Paraíba
10 - Ary Sanches - Eu sonhei que tu estavas tão linda
11 - The Fevers - Balancê
12 - Martinha - Sebastiana da Silva
13 - Paulo Sérgio - Índia
14 - Ed Wilson & Diana - Carinhoso
15 - Nalva Aguiar - Sereno
16 - José Ricardo - Negue
17 - Rosemary - Camisa listada
18 - Wanderley Cardoso - Chão de estrelas
19 - Gilberto Lima - Juazeiro
20 - Almir - Último desejo
21 - Vanusa - Só nós dois
22 - Ronnie Von - Risque
23 - Cyro Aguiar - De conversa em conversa
24 - Luiz Fabiano - Trepa no coqueiro
25 - Nilton Cesar - Vingança



quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Jovem Guarda interpreta Velha Guarda - Volume I

 Artistas da Jovem Guarda resgatam canções da chamada Velha Guarda
Depois de a “Nova Guarda” interpretar músicas da Jovem Guarda por meio da série “Novas Vozes", nada como seguir o mesmo conceito, colocando o pessoal da Jovem Guarda no resgate sonoro da antecessora, a chamada Velha Guarda. A ideia dessa coletânea é do nosso amigo e colaborador Aderaldo, a quem agradeço por selecionar o repertório e montar este primeiro volume, com 24 canções. A seleção inclui desde clássicos da MPB, como “Luar do sertão” - música que muitos acham erradamente que foi composta pelo Luiz Gonzaga, sendo que na verdade é de autoria da dupla Catulo da Paixão Cearense e João Pernambuco - até canções menos conhecidas, como “Esmeralda”, de Filadelfo Nunes e Fernando Barreto, gravada originalmente pelo seresteiro Carlos José. Confira:

01 - Leonardo (Sullivan) - Pot-pourri - Prefiro duvidar - Onde estás agora - Que será
02 - Antonio Marcos - Boneca cobiçada
03 - Vanusa - Lá no pé da serra (Você vai gostar)
04 - Marcos Roberto - Esmeralda
05 - Leno - Luar do sertão
06 - Celly Campello - Ta-hi
07 - Cyro Aguiar - Risque
08 - Paulo Sérgio - E o destino desfolhou
09 - Claudio Fontana - Recordações de Ypacarai (Recuerdos de Ypacarai)
10 - José Ricardo - Serenata suburbana
11 - Fredson - A saudade mata a gente
12 - Odair José - Meus tempos de criança
13 - Carlos Gonzaga - Regresso
14 - Marília Maura - Chuá chuá
15 - Nilton Cesar - Guarânia da lua nova
16 - Pedro Paulo - Mensagem
17 - Nalva Aguiar - La paloma
18 - Fredson - Dolores Sierra
19 - Rosemary - Sonhando contigo
20 - Cyro Aguiar - Rosa
21 - Mauro Sérgio - Serenata
22 - Vanusa - Caminhemos
23 - Nilton Cesar - A volta do boêmio
24 - Marcus Pitter - Cabecinha no ombro


Colaboração: Aderaldo

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Jovem Guarda - Outras Vozes - Volume V (2015)

 Seleção dá um panorama do cenário musical das jovens tardes de domingo
Encerro a série “Outras Vozes”, comemorando os 50 anos da Jovem Guarda, com este quinto volume. Talvez, no futuro próximo, outros serão produzidos, mas entendo que por enquanto esses são suficientes pra dar um panorama do cenário musical das jovens tardes de domingo. Gostei da série, formada por faixas de discos da minha coleção e áudio extraído de vídeos do Youtube. Este quinto volume é o meu preferido, sem desmerecer os demais. As regravações de “Eu sou terrível” (Landau), “Marcianita” (Felipe Cordeiro), “O calhambeque” (Rap – Ritmos às Palavras) e “Estúpido cupido” (Marina de La Riva) são os destaques do repertório, que ainda tem a bonita interpretação de “Aquele beijo que te dei” (Vivian Lemos) e um curioso registro de “Chapeuzinho vermelho” (Patife Band), entre outros.  Confira:

01 - Landau - Eu sou terrível
02 - Tiê - Lacinhos cor de rosa
03 - Reino Fungi  - Vivo só
04 - Rap (Ritmos às Palavras) - O calhambeque
05 - Banda Nova Guarda - Pare o casamento
06 - Chavala Talhada -  Não vou ficar
07 - GNR - Quero que vá tudo para o inferno
08 - Vivian Lemos - Aquele beijo que te dei
09 - Felipe Cordeiro - Marcianita
10 - Fael - Broto legal (I'm in love)
11 - Davi Moraes - Como é grande o meu amor por você
12 - Os Notáveis - O ritmo da chuva
13 - Os Insertos - Meu bem (Girl)
14 - SNZ - Passo do elefantinho (Baby elephant walk)
15 - Marina de La Riva - Estupido cupido
16 - Lívia Andrade & Roberta Tiepo - Erva venenosa
17 - Manules - Negro gato
18 - Mauricio Pereira & Turbilhão de Ritmos - A praça
19 - Patife Band - Chapeuzinho vermelho
20 - The Brotos - Namoradinha de um amigo meu


Jovem Guarda - Outras Vozes - Volume IV (2015)

 Grandes sucessos da Jovem Guarda compõem o repertório desta seleção
Eis mais um interessante volume da série “Outras Vozes”, coletânea com músicas da Jovem Guarda interpretadas por artistas que surgiram após o movimento que sacudiu a juventude nos anos 1960.  São nesses momentos, ao reunir esses registros, que a gente constata a quantidade de sucessos obtidos no período pelo Roberto Carlos. Repare que, nesta seleção, formada por 20 canções, 11 são do repertório do rei. Foi, sem dúvida, o ápice de sua carreira. A seleção também inclui sucessos do Erasmo Carlos, Wanderléa, Golden Boys, Bobby de Carlo e outros. Confira:

01 - Letícia Monsó - Quase fui lhe procurar
02 - Zé Renato - Última canção
03 - Célia - Preciso lhe encontrar
04 - Edson da Paz - Oração de um jovem triste
05 - Maria Creusa - Eu disse adeus
06 - Muritiba - Foi assim (Juventude e ternura)
07 - Graforreia Xilarmônica - Pensando nela (Bus stop)
08 - Ira! - Você não serve pra mim
09 - Danny Sax - É proibido fumar
10 - Lulu Santos - Minha fama de mau
11 - Patife Band - Tijolinho
12 - Vanderlei Rodrigo - Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones
13 - MC Leozinho - Negro gato
14 - Tivas Miguel - Perto dos olhos, longe do coração
15 - Josivan Oliveira - Parei na contramão
16 - The Brotos - Vem quente que eu estou fervendo
17 - Nasi - Não há dinheiro que pague
18 - Tom Cleber - Escreva uma carta meu amor
19 - Vicente Telles - Eu daria a minha vida
20 - Pitty - Se você pensa





terça-feira, 18 de agosto de 2015

Jovem Guarda - Outras Vozes - Volume III (2015)

 Zé Renato, Paulo Ricardo e KLB estão entre os destaques da coletânea 
Se você gostou dos dois volumes da série “Outras Vozes”, coletânea de músicas da Jovem Guarda interpretadas por artistas de outras gerações, certamente vai curtir este terceiro. A seleção começa com “Negro gato”, uma das mais regravadas músicas do período, na bonita interpretação da Ana Kharo, e prossegue com “A irmã do meu melhor amigo”, registro do grupo Gramophones para outro sucesso do Renato e Seus Blue Caps. Paulo Ricardo, KLB e Zé Renato, presentes no segundo volume, também estão neste terceiro com “Não há dinheiro que pague”, “Alguém na multidão” e “Lobo mau”, respectivamente, assim como a Letícia Monsó, com a boa versão de “Você não serve pra mim”. Outros destaques são as seis gravações ao vivo que encerram a coletânea, formada por discos do meu acervo e de áudio extraído de vídeos do Youtube. Confira:

01 - Ana Kharo - Negro gato
02 - Gramophones  - A irmã do meu melhor amigo
03 - KLB - Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones
04 - Karine Alexandrino - Quem não quer
05 - Acústicos & Valvulados - Minha fama de mau
06 - Paulo Ricardo - Não há dinheiro que pague
07 - Letícia Monsó - Você não serve pra mim
08 - Adônis Ribeiro - Perto dos olhos, longe do coração
09 - Paulo Francis Vai Pro Céu - O pão
10 - Isabella Taviani - Ternura
11 - Pedro & Thiago - A última canção
12 - Zé Renato - Lobo mau
13 - Tavito - Você me acende
14 - Marcus Menna - É preciso saber viver
15 - Inimigos da HP - Erva venenosa (ao vivo)
16 - Verônica Pires - Parei na contramão (ao vivo)
17 - João Sabiá - Não vou ficar (ao vivo)
18 - Mauricio Pereira & Turbilhão de Ritmos - Férias na Índia (ao vivo)
19 - Sabonetes - Vem quente que eu estou fervendo (ao vivo)
20 - Marjorie Estiano - Broto legal (ao vivo)



segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Jovem Guarda - Outras Vozes - Volume II (2015)

 Coletânea privilegia músicas da Jovem Guarda gravadas por outros intérpretes
Em 22 de agosto de 2013, quando a Jovem Guarda comemorou 48 anos, postei a coletânea “Outras Vozes”, formada por músicas do período, mas interpretadas por outras gerações de artistas. Foi o primeiro volume (aqui) da série que dou continuidade agora, nos festejos dos 50 anos, com algumas regravações interessantes. A seleção envolve desde cantores famosos, como Lulu Santos, Paulo Ricardo, Gal Costa e outros, até nomes desconhecidos do grande público. Algumas gravações apresentam sonoridade diferente em relação a original, como “O calhambeque”, com Silvana Cruz, e “Coração de papel”, que ganhou toque bossanovista do excelente Zé Renato, por exemplo. Outras, como “Pare o casamento” (The Brotos) e “Não me diga adeus” (Reino Fungi), mantêm o mesmo arranjo e o clima das jovens tardes de domingo. Vale destacar que as faixas são de fontes diversas, desde discos da minha coleção até áudio retirado de vídeos do Youtube. Confira:

01 - Lulu Santos - Festa de arromba
02 - Letícia Monsó - Negro gato
03 - Zé Renato - Coração de papel
04 - Silvana Cruz - O calhambeque
05 - Ira! - Sentado à beira do caminho
06 - Jacky - Banho de lua
07 - The Brotos - Pare o casamento
08 - Radiobounce - Não vou ficar
09 - Beth Guzzo - Minha primeira desilusão
10 - Polegar - Tijolinho
11 - Rodolpho Moreno - A pobreza
12 - KLB - Alguém na multidão
13 - Amélia Barreto and The Black Cats - Por isso corro demais
14 - Deborah Blando - A garota do Roberto
15 - Paulo Ricardo - Você não serve pra mim
16 - Gal Costa - Marcianita
17 - Blitz - Biquini de bolinha amarelinha tão pequenininho
18 - Paulo Moraes - A última canção
19 - Fael - Feche os olhos
20 - Reino Fungi - Não me diga adeus



domingo, 16 de agosto de 2015

Vários artistas - Jovem Guarda Instrumental - Vol. 3

 Conjuntos famosos e obscuros dão o tom deste terceiro volume da série
Coletâneas marcarão os 50 anos da Jovem Guarda até o próximo sábado
Com esta postagem, dou o pontapé inicial no blog para as comemorações dos 50 anos da Jovem Guarda, celebrados no próximo sábado, dia 22. Foi nessa data, em agosto de 1965, que a TV Record exibiu o primeiro programa Jovem Guarda, apresentado por Roberto Carlos. A partir desse dia, a juventude brasileira nunca mais seria a mesma, pois a atração exibida nas tardes de domingo influenciou toda a geração de jovens e deu origem a uma nova linguagem musical e comportamental no País. Pra se ter ideia, a cidade de São Paulo foi palco até de uma passeata contra o uso da guitarra na MPB, logo abraçada pelos tropicalistas.

Não vou me estender sobre o programa que virou nome de movimento musical porque o assunto está pra lá de divulgado, e imagino que boa parte dos seguidores sabe da importância da Jovem Guarda na nossa música. Por isso, até o próximo sábado, vou postar coletâneas em comemoração aos 50 anos, como este terceiro volume da série Jovem Guarda Instrumental. Ao contrário dos dois anteriores, que privilegiou apenas as raridades, este traz também gravações conhecidas, como “O milionário” e “Blue star”, pois não poderia ignorar na comemoração o músico Lafayette e bandas como Os Incríveis, Renato e seus Blue Caps, The Fevers, The Jordans, The Jet Black’s e outras. Confira:

01 - The Youngsters - Caravan
02 - Aladdin Band - Raunchy
03 - The Dallans - Nossa canção
04 - Os Terríveis - Barra limpa
05 - Beagá Band's - O ciúme
06 - Chiquinho e seu conjunto - Never never
07 - Os Santos  - Ave Maria no morro
08 - Os Incríveis - O milionario
09 - The Jordans - Blue star
10 - The Fevers - Você não serve pra mim
11 - Lafayette - Devolva-me
12 - The Bells - Menino da porteira
13 - The Jet Black's - Bongo blues
14 - Renato e seus Blue Caps - We like birdland
15 - The Supersonics - Eu te amo, te amo, te amo
16 - The Angels - Summertime
17 - Os Carbonos - In the summertime
18 - Os Aaalucinantes - Professor apaixonado
19 - Mancini e os Dez de Ouro - L'ultima cosa
20 - Os Centaurus - Feitiço de broto
21 - Peruzzi e Sua Banda Jovem - Bus stop
22 - The Red Snakes - Tema para jovens enamorados
23 - The Spark's - Sleepwalk
24 - Los Tropicanos - O tempo vai apagar
25 - The Killers - Marcianita
26 - The Pop's - Trovoada
27 - The Rebels - Rebel surf
28 - Brazilian Boys - Da-me um beijo amor
29 - The Jet's - Winds of Barcelona (El presidente)
30 - The Jones - Meu grito



sábado, 15 de agosto de 2015

Carlos Gonzaga - Concerto de amor (CS 1965)

 Compacto gravado há 50 anos marca rápida passagem do cantor pela Philips
Carlos Gonzaga, um dos pioneiros do rock no Brasil, comparece mais uma vez no blog com este raro compacto simples, lançado em 1965 durante a rápida passagem pela Philips, por onde gravou apenas o álbum “Hully Gully” em 1964. O single, mais uma colaboração do amigo Aderaldo, a quem agradeço, traz o rock balada “Concerto de amor” e o twist “História de um balão”. O disco passou despercebido pelo público, e Gonzaga sentiu que não fez bom negócio ao trocar a RCA Victor, onde iniciou a carreira em meados dos anos 1950, pela Philips. Logo depois, retornou a antiga gravadora, e voltou a trilhar o caminho do sucesso. Confira:

01 – Concerto de amor  (Concerto D'Amore
(Heinz Hoetter - vs: Fred Jorge)
02 – História de um balão (Ton Ballon)
(Mure - Gaste - vs: Fred Jorge)


Colaboração: Aderaldo


sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Claudia Barroso - Amor não é brinquedo (LP 1967)

1º LP da Claudia Barroso se destaca pelas versões de hits internacionais
O Festival de San Remo, realizado desde 1951 na Itália, também teve seus dias de glória, especialmente nos anos 1960, época em que projetou músicas, cantores e compositores pelo mundo afora. Prova disso está neste primeiro LP da Claudia Barroso, lançado em 1967 pela Fermata, em que cinco entre as 12 faixas são versões em português de concorrentes do festival. São elas: “Io per amoré” (Eu por amor), “Dio, come ti amo” (Deus como te amo), “La musica é finita” (A música termina), “É piu forte di me” (É mais forte que eu) e “Nessuno di vol” (Nenhum de vocês). O álbum, mais uma colaboração do amigo Geraldo, a quem agradeço, é repleto de versões. A única exceção é a música “Começar de novo”, de Nobrega e Sousa, David Mourão e Ferreira, mas o destaque é a faixa “O silêncio”, versão de “Il silenzio”, lançada com sucesso em compacto simples. Confira:

01 - Esta é Minha Canção (This is my song)
(Charlie Chaplin - vs: Alexandre Cirus)
02 - Falem-me Dele (Parlez-moi de lui)
(M. Rivgauche - J. Dieval - vs: Alexandre Cirus)
03 - Eu Por Amor (Io per amore)
(Pino Donaggio - Vito Pallavicini - vs: Fred Jorge)
04 - Deus, Como Te Amo (Dio, come ti amo)
(Modugno - vs: Demetrio Carta)
05 - Amor Não é Brinquedo (Eine ganze nacht)
(James Last - Guenter Loose - vs: Juvenal Fernandes)
06 - A Música Não Termina (La musica é finita)
(Umberto Bindi - Franco Califano - vs: Salatiel Coelho)
07 - É Mais Forte Que Eu (E piu forte di me)
(E. Polito - A. Del Monaco - vs: Fred Jorge)
08 - Nenhum de Vocês (Nessuno di vol)
(Pallavicini - Kramer - vs: Alexandre Cirus)
09 - Começar de Novo
(Nobrega e Sousa - David Mourão - Ferreira)
10 - Valsa da Recordação (Vais del recuerdo)
(Kalender - Ben Molar - Salatiel Coelho)
11 - Glória (In excelsi Deo)
(S. Vasco - T. Del Rincon - T. Rendall - vs: Juvenal Fernandes)
12 - O Silêncio (Il silenzio)
(G.Brezza - N. Rosso - vs: Fred Jorge)

Colaboração: Geraldo



quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Erasmo Carlos ao vivo - Sou uma criança (1989)

 Paulo Ricardo, Paula Toller, Léo Jaime e João Penca estão no disco de 1989
Paulo Ricardo, Paula Toller, Léo Jaime e João Penca e Miquinhos Amestrados, todos surgidos nos anos 1980, são os convidados especiais do Erasmo Carlos neste “Sou uma criança”, LP gravado ao vivo em 1989 e relançado em CD em 1997 pela EMI-Odeon. O disco, que atende ao pedido do Wagner, traz no repertório apenas os grandes sucessos do Tremendão, a maioria gravada na época da Jovem Guarda, como “Você me acende”, “O caderninho”, “Vem quente que estou fervendo”, “Sentado à beira do caminho” e outros. Apenas quatro, entre as 14 faixas, foram originalmente registradas a partir dos anos 1970: “Pega na mentira”, “Filho único”, “Sou uma criança, não entendo nada” e “Mesmo que seja eu”. Confira:

01 - Sentado à beira do caminho
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
02 - Gatinha manhosa
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
03 - O caderninho
(Alemão)
04 - Você me acende (You turn me on)
(Ian Witchcomb - vs: Erasmo Carlos)
05 - Eu sou terrível (Part. especial Paulo Ricardo)
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
06 - Lobo mau (Part. especial João Penca e Miquinhos Amestrados)
(Earnest Maresca - vs: Hamilton Di Giorgio)
07 - Minha fama de mau
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
08 - Negro gato
(Getúlio Cortes)
09 - Vem quente que eu estou fervendo (Part. especial Paula Toller)
(Carlos Imperial - Eduardo Araújo)
10 - Sou uma criança, não entendo nada (Part. especial Léo Jaime)
(Erasmo Carlos - Chiaroni)
11 - Mesmo que seja eu
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
12 - Filho único
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
13 - Festa de arromba
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
14 - Pega na mentira
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)



quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Muritiba - Voo Rasante... (LP 1978)

 Álbum de 1978 inclui releitura de "Foi assim", grande sucesso da Wanderléa
Alguém conhece o cantor e compositor Muritiba? Eu não o conhecia até encontrar e ouvir este “Voo Rasante”, álbum lançado em 1978 pela Polydor/Philips. O disco, gostoso de ouvir, tem 10 canções de sua autoria entre as 12 do LP, sempre em parceria com outro compositor. As exceções são “Maria, Maria”, de J. Roberto Marques, e a releitura de “Foi assim”, de Renato Correa e Ronaldo Correa, música do repertório da Wanderléa. Segundo a Wikipedia, fonte nem sempre confiável, Lui Muritiba é baiano e já teve Ivete Sangalo como sua backing vocal. Começou a carreira em festivais intercolegiais, fazendo vários shows no interior e fora do Estado, sendo que este é o seu primeiro disco. Confira:

01 - Coisas vãs
(Lui Muritiba - Antonio Goes)
02 - Voo rasante
(Lui Muritiba - Alberto Fonseca)
03 - Chrise
(Lui Muritiba - Antonio Goes)
04 - Lixo 
(Lui Muritiba - São Leão)
05 - Sufoco
(Lui Muritiba - São Leão)
06 - Noites iguais
(Lui Muritiba - Alberto Fonseca)
07 - Flor de cacto
(Lui Muritiba - Ileane)
08 - Olha, eu lhe acho 
(Lui Muritiba - Alberto Fonseca - Luciano Chaves)
09 - Vitamina C e cama 
(Lui Muritiba - São Leão)
10 - Foi assim (Juventude e Ternura) 
(Renato Correa  - Ronaldo Correa)
11 - Maria, Maria 
(J.Roberto Marques)
12 - Se falta-me
(Lui Muritiba - Alberto Fonseca)



terça-feira, 11 de agosto de 2015

Trio Esperança - Grandes Sucessos (LP 1987)

 Coletânea da EMI-Odeon traz 13 sucessos gravados nos anos 1960 e 1970
Uma boa pedida pra esta terça-feira é este álbum do Trio Esperança, lançado em 1987 pela EMI-Odeon, e que reúne seus grandes sucessos. O repertório inclui desde gravações do período da Jovem Guarda, como “A festa do Bolinha”, “O retrato” e “Este grande amor”, entre outras, até hits dos anos 1970, como “Arrasta a sandália”, “Quem tá com samba” e a ótima “Replay (O meu time é a alegria da cidade”. Confira:

01 - Noves Fora (O Progresso)
(Ernando Bonfim)
02 - Vamos Sacudir
(Antonio Garcia)
03 - Replay (O Meu Time é a Alegria Da Cidade)
(Jon Lemos - Roberto Correa)
04 - A Festa Do Bolinha
(Roberto Carlos - Erasmo Carlos)
05 - Chuva Fina
(Abdon Elias - Lidia do Carmo)
06 - A Vizinha Do Sobrado
(Elizabeth)
07 - Por Teu Amor
(Jorge Smera)
08 - Este Grande Amor
(Rossini Pinto)
09 - Aurora (Con La Aurora)
(Malena Arjona - vs: Julio Carlos)
10 - Arrasta a Sandália
(Jon Lemos - Roberto Correa)
11 - Quem Tá Com Samba
(Jon Lemos - Roberto Correa)
12 - O Retrato
(Rossini Pinto)
13 - Filme Triste - (Sad Movies) (Make Me Cry)
(John D. Loudermilk - vs: Romeu Nunes)